Berto Silva deve adotar medidas sobre diárias, nepotismo e controle de frota

Inspeção do TCE-PR constatou irregularidades na gestão do município. Prefeito recebeu quatro multas, mas recorreu, assim como o MPC-PR

Berto Silva, prefeito de Laranjeiras do Sul (Foto: Arquivo/RSN)

O prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, deverá adotar medidas para melhorar a gestão de sua frota de veículos, aumentar o controle sobre a concessão de diárias e evitar a ocorrência de nepotismo em futuras nomeações. A determinação é da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). Porém, Berto Silva recorreu, o mesmo ocorrendo com  MP.

De acordo com o Tribunal de Contas, o objetivo da decisão é evitar a repetição de falhas relativas a esses assuntos constatadas em inspeção do Tribunal em 2012. Naquela ocasião, também foram identificadas irregularidades em procedimentos licitatórios promovidos pela administração local. Isso resultou na aplicação de quatro multas ao prefeito nas gestões 2005-2008, 2009-2012 e 2017-2020.

Conforme o  Tribunal, as sanções, que totalizam R$ 5.803,92, estão previstas no artigo 87, inciso IV, da Lei Orgânica do TCE-PR (Lei Complementar Estadual nº 113/2005). As quantias devem ser corrigidas monetariamente quando do trânsito em julgado da decisão.

UNÂNIMIDADE

Conforme o TC, os demais membros do órgão colegiado do TCE-PR acompanharam, de forma unânime, o voto do relator, conselheiro Fernando Guimarães, na sessão de 16 de dezembro passado. Em 28 de janeiro, Jonatas Felisberto da Silva ingressou com Embargos de Declaração.

Ele questiona pontos do Acórdão nº 4095/19 – Primeira Câmara, veiculado na edição nº 2.224 do Diário Eletrônico do TCE-PR (DETC). O recurso será julgado ainda na Primeira Câmara. Já em 3 de fevereiro, o Ministério Público de Contas (MPC-PR) ingressou com Recurso de Revista da decisão original. Esse recurso será julgado pelo Tribunal Pleno.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

IRREGULARIDADE

Tribunal de Contas multa prefeito de Laranjal por irregularidades

NOVA GESTÃO

"Vou oxigenar o primeiro escalão", diz Celso Goes

TRIBUTO

Deputados aprovam projeto que restabelece parcelamento de ICMS

Comentários