Bolsistas reforçam o combate ao coronavírus no Paraná

Bolsistas atuam em diversas áreas da linha de frente do combate ao coronavírus no PR. Eles foram selecionados por meio de um edital

Eles foram selecionados por meio de um edital (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O Programa de Apoio Institucional para Ações de Prevenção e Cuidados diante da Pandemia do Novo Coronavírus, lançado pela Fundação Araucária e pela Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, já selecionou 510 bolsistas para atuar no Estado. Foram abertas 1.064 vagas e o investimento soma R$ 8 milhões.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, são profissionais de saúde, estudantes de diferentes cursos da área e coordenadores de projetos das sete universidades estaduais e da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Eles foram selecionados por meio de um edital, que já está na terceira chamada.

Trata-se de um importante reforço para atendimentos em call centers, para atuação nas divisas do Estado, nas Regionais de Saúde do Paraná, no Laboratório Central do Estado (Lacen), no Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) e no Departamento Penitenciário do Estado (Depen). As atividades de extensão têm a supervisão da Secretaria de Estado da Saúde.

BOLSISTAS

Dos bolsistas já selecionados, 114 atuam nas centrais de informações. Eles fazem atendimento telefônico e por meios digitais à população, esclarecendo dúvidas e dando orientações relacionadas à prevenção. Além de repassar cuidados de combate à pandemia do novo coronavírus no Estado.

Além disso, na atenção às divisas rodoviárias do Estado, são 23 enfermeiros, 25 técnicos de enfermagem e 23 acadêmicos de enfermagem. Estes profissionais são responsáveis por ações voltadas ao monitoramento da entrada e da saída de pessoas. O monitoramento é feito nos postos de atendimento da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar).

Junto às Regionais de Saúde – ação extensionista de atendimento à população em unidades de saúde, hospitais e outros estabelecimentos da área – são 130 enfermeiros, 108 técnicos de enfermagem e 22 médicos.

No Laboratório Central do Estado (Lacen/PR) e no Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Paraná (CIEVS/PR), 17 bolsistas trabalham no apoio a demandas destas unidades, com a coordenação da Universidade Federal do Paraná (UFPR).  Além disso, no Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) são mais 18 bolsistas. A supervisão de todos os trabalhos das sete universidades estaduais e da UFPR é feita por 30 coordenadores de projetos.

INSCRIÇÕES

As inscrições para participar do programa estão abertas até 13 de abril por este link e o envio da documentação é todo online. O critério de escolha dos bolsistas será por ordem cronológica de inscrição. Para acessar o edital completo, clique aqui.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Guarapuava tem 10 novos casos confirmados de covid-19 em 24h

CELEBRAÇÃO RELIGIOSA

Tradicional celebração católica 'Tríduo dos Anjos' ocorre em Guarapuava

TEMPORAL NA REGIÃO

Temporal destelhou 30 casas em Guarapuava na madrugada de hoje (28)

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com