Bombeiros e Defesa Civil realizam 35 atendimentos em uma hora, em Guarapuava

Autoridades ainda contabilizam destelhamentos e queda de árvores. Um senhor precisou ser resgatado de dentro de casa durante o temporal

Nível de córregos que cortam bairros subiu rapidamente, como foi o caso na região da Praça da Fé (Foto enviada por leitor)

Equipes do Corpo de Bombeiros de Guarapuava e da Defesa Civil Municipal estão trabalhando sem parar desde que um temporal começou a atingir o município, no final da manhã desta quinta feira (18). O ápice da chuva foi próximo às 12h. Agora (14h), o vento deu uma trégua, mas ainda chove em diversos pontos de Guarapuava.

De acordo com informações do plantão do Corpo de Bombeiros, 35 atendimentos foram realizados nas últimas horas, porém, este número deve aumentar consideravelmente até o final da tarde.

Vídeo de Vanessa Aparecida Rocha

“Nós ainda estamos com muitas equipes nas ruas”, informou a Tenente Karen, do Corpo de Bombeiros.

Os casos mais atendidos até o momento foram de destelhamentos e quedas de árvores. Um idoso precisou ser resgatado de dentro de casa durante a tempestade.

No Centro de Guarapuava, diversas empresas foram invadidas pela água da chuva. Salas comerciais de prédios empresariais também foram atingidas, como é o caso do Centro Empresarial Araucária. Nos bairros o cenário não foi diferente. O leitor do Portal RSN, Erivelton Stocco, enviou a nossa redação um vídeo que mostra pontos de alagamentos em frente a residências.

Relacionadas

QUAL TESTE DEVO FAZER?

Administração de Guarapuava orienta como e quando fazer testes da covid-19

MELHORIA NO ATENDIMENTO

Para vender mais é preciso ter atitude, diz palestrante

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

Comentários