Câmara de Irati solicita ao executivo que impeça aumento da Sanepar

Lei federal prevê obrigatoriedade da homologação do reajuste pela prefeitura

(Foto: Ascom)

Na sessão ordinária do dia 30 de abril, o vereador José Bodnar, solicitou ao executivo que impeça o reajuste na conta de água anunciado pela Sanepar e que já vale para o mês de maio.

O 1º Secretário José Bodnar, sugeriu a edição de um decreto impedindo o aumento abusivo da tarifa de água e esgoto por conta da Sanepar. Segundo o vereador, trata-se de uma concessão pública de exploração de serviços e de acordo com a Lei Federal nº 8.987/1995, prevê a obrigatoriedade da homologação do aumento das tarifas por conta do concedente, no caso a prefeitura de Irati.

O vereador lembrou ainda que a inflação oficial anual pelo IPCA foi de apenas 3,75%, justificando dessa maneira, o impedimento desse reajuste, que chamou de exorbitante. Bodnar afirmou que a população não é contra o reajuste, desde que seja um reajuste condizente com a realidade do povo. Bodnar encaminhou em anexo à indicação, uma minuta do decreto sugerido e cópia da Lei Federal nº 8.987/1995.

Relacionadas

ELEIÇÕES 2020

Justiça Eleitoral confirma inelegibilidade de José Vitorino em Pinhão

ELEIÇÕES

Pesquisa eleitoral mostra disputa 'embolada' em Guarapuava

ELEIÇÕES 2020

Burko continua em campanha, diz assessoria jurídica da coligação

Comentários