Câmeras flagram direção negligente minutos antes de acidente

Câmeras de estabelecimentos comerciais mostram a forma com que Rodolpho Scherner Neto dirigia momentos antes de atropelar Felomena Schepansky

Câmeras mostram o carro em alta velocidade momentos antes do crime (Foto: Reprodução)

Câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais localizados na avenida Moacyr Júlio Silvestri flagraram a direção negligente de Rodolpho Scherner Neto antes de causar um acidente que matou Felomena Schepansky, 70 anos no último domingo (12).

A reportagem do Portal RSN teve acesso a câmeras de segurança que mostram o carro de Rodolpho transitando em alta velocidade pela avenida Moacyr Júlio Silvestri minutos antes de perder o controle da direção e atropelar duas idosas que seguiam pelo canteiro central da avenida, à caminho da igreja.

Câmeras de segurança localizadas na rótula entre a avenida Moacyr Júlio Silvestri e a rua Turíbio Gomes mostram o momento em que Rodolpho patina o carro. Confira no vídeo:

Veja agora em outro ângulo:

O filho de Felomena contou ao Portal RSN o momento em que encontrou a mãe ferida.

Eu coloquei minha mãe ainda com vida dentro da ambulância. Conforme algumas testemunhas contaram ele veio em alta velocidade pela avenida Moacyr Júlio Silvestri. Depois do acidente ele desceu do carro. Tinha um amigo dele no banco da frente. Ele pediu que este amigo chamasse o 193 e foi embora. O amigo dele ficou no local. E já prestou depoimento.

Além disso, testemunhas afirmaram que viram Rodolpho na companhia de outros jovens comprando e ingerindo bebidas alcoólicas em diversos locais da cidade. Outras imagens que comprovam o consumo de álcool já estão com a polícia.

A PRISÃO

Rodolpho Scherner Neto foi preso preventivamente. O acusado se apresentou no fim da tarde de segunda (13) na 14ª SDP em Guarapuava. Porém, ele não ficou preso, pois no momento em que se apresentou, o mandado de prisão ainda não teria sido expedido. Assim, Rodolpho entrou pela porta dos fundos da Delegacia.

De acordo com o advogado de defesa, Alan Quartiero, Rodolpho ficou em silêncio durante o momento de depoimento. Por volta das 19h o mandado solicitado pelo Delegado Chefe da 14ª SDP, Rubens Miranda Junior foi expedido. Logo após a notificação aos advogados de defesa, Rodolpho se apresentou novamente, acompanhado dos advogados e recebeu voz de prisão. Ele deve responder pelo crime de homicídio com dolo eventual.

DEFESA

No dia da prisão o advogado de defesa do acusado, Alan Quartiero, afirmou que Rodolpho estava lúcido.

Não fugiu no local, prestou atendimento, as pessoas que estavam lá viram ele descer do carro e
ligar para o 193. Ele não fugiu do local, tanto que está vindo prestar esclarecimentos à justiça.
Ele está muito arrependido, lembra do acidente e estava lúcido. É muita notícia desencontrada,
vamos analisar os autos para maiores informações.

Na semana que vem, a família de Felomena espera ter novidades sobre a investigação e sobre o andamento do processo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

AUMENTOU

Guarapuava atinge marca de 1.030 casos confirmados de covid-19

INTERAÇÃO

Campo Real oferece atendimento nutricional gratuito à população

MIRA CERTA

Adolescentes entram para a história do Tiro Olímpico em Guarapuava

Comentários