Caminhada vai repudiar morte brutal de professora em Pinhão

Caminhada será na Praça Darci Brolini nesta quarta às 17h30. Clima na cidade é de comoção e ainda não há horário para o sepultamento

Caminhada vai repudiar morte brutal de Franciely (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma caminhada às 17h30 desta quarta (23) na Praça Darci Brolini marcará a indignação da sociedade de Pinhão pela morte violenta da professora Franciely Tavares, de 33 anos. Ela foi assassinada ontem (22) pelo ex-marido Arildo Maron, por volta das 12h no bairro São Cristóvão. De acordo com a polícia, a vítima retornava do trabalho para casa quando o seu carro foi atingido por um tiro.

Ela chegou a descer e correr, mas foi alvejada fatalmente por outro disparo de uma garrucha, calibre 28. Arildo fugiu numa moto no sentido à localidade de Zatarlândia. Porém, pouco mais de uma hora depois, se entregou à polícia no distrito do Guará em Guarapuava. Ele confessou ser o autor dos disparos.

Veja abaixo, o vídeo do momento em que ocorreu o crime. (Vídeo: Reprodução/G1)

De acordo com moradores da cidade, o clima é de comoção no velório da professora. “Ela era de um família tradicional da cidade”, disse um morador em contato com o Portal RSN. Conforme informações dessa mesma pessoa, Arildo trabalhava na prefeitura como operador de máquinas pesadas. “É uma pessoa pacata, responsável e nunca imaginei que fosse fazer uma coisa dessas. Mas a gente nunca sabe o que passa na cabeça do ser humano”, disse um colega de trabalho.

O casal estava junto há cerca de 17 anos e tem duas filhas, de 14 e 16 anos. De acordo com informações, Franciely tinha 17 anos quando se casou. Arildo, 31 anos. Eles estavam em processo de separação. Conforme a Funerária Pinhão, ainda não há horário definido para o sepultamento de Franciely.

CONVOCAÇÃO

Um movimento de mulheres convoca a sociedade pinhãoense para um ato de repúdio pela morte brutal de Franciely.

“Diante do fato brutal ocorrido hoje, viemos através deste convocar a todos que de uma maneira ou de outra se sentiram comovidos com a grande perca que Pinhão teve…Franciely Tavares é uma representante de todas nós mulheres, mãe, profissional e dona de casa…e por isso não podemos permitir que esse fato passe como algo comum e corriqueiro que acontece sempre… Precisamos nos unir como sociedade, mulheres, mães, profissionais e mostrar o nosso REPÚDIO a toda e qualquer manifestação de violência contra a mulher! Venha você tbm juntar-se a nós, será nesta Quarta-feira as 17:30 na Praça Darci Brolini. #MulheresEmLuto!#NãoAoFeminicidio #ParemDeNosMatar #nenhumaamenos #MenosUma!”

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Reserva do Iguaçu e Palmital recebem caminhões compactadores de lixo

CADEIA PÚBLICA

Morador de Guarapuava é preso após invadir cadeia de Pitanga

POLÍTICA

Aliel entrega equipamentos e recursos para a Saúde em Rebouças

Comentários