CGE divulga cartilha sobre condutas permitidas e vedadas nas eleições

O material reúne as legislações sobre o tema para auxiliar tanto servidores e gestores da administração pública quanto a população

Eleições serão em novembro (Imagem: AENPr)

As principais dúvidas sobre ações e atividades permitidas e vedadas em ano eleitoral foram respondidas pela Controladoria-Geral do Estado, em sua nova cartilha disponível no site, a partir desta terça (25). O material reúne as legislações sobre o tema para auxiliar tanto servidores e gestores da administração pública quanto a população e entidades de controle social.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, em período eleitoral, surgem indagações sobre a conduta de governador e gestores quanto a obras e convênios, que podem gerar suspeitas e denúncias pelo desconhecimento da legislação. O material poderá ser consultado na aba Institucional, no item Legislação e no título Recomendações.

O controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, a cartilha tem o objetivo de informar a população, que exerce o controle social na fiscalização do governo, mas, principalmente, servidores e gestores. “Muitos deles, exercem pela primeira vez cargo público durante as eleições”.

Desse modo, o material compila informações da Constituição Federal, de leis, e das resoluções do Tribunal de Contas do Estado que tratam da postura do poder público nesse período. Está incluído o decreto estadual número 4.379, com as condutas vedadas aos agentes públicos para as eleições 2020, editado pela Procuradoria-Geral do Estado.

ASSUNTOS

Assim, entre os assuntos tratados, estão os tipos de publicidade e propaganda impedidas de serem divulgadas. Além disso, as considerações sobre uso de imóveis e bens públicos. E ainda as inaugurações e contratação de servidores.

Por fim, a conduta do servidor público diante desse cenário também é abordada, como a participação em campanhas apenas fora do horário de trabalho. Além da proibição de usar material publicitário eleitoral nos departamentos públicos, como broches e adesivos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIORIA DECIDIU

Consulta pública mantém suspensão de aulas presenciais em Guarapuava

FIM DOS TEMPOS

PM termina com festa que tinha 70 pessoas em Guarapuava

LESÃO CORPORAL

Menino de 3 anos fica ferido após explosão de bomba em Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com