Condenados na Operação Bala da Noite já estão em liberdade

Cantelli Júnior, Willian Brescovit, os irmãos Aires de Alencar e Erian Kramer saíram da PIG na manhã desta terça feira (11)

Willian Brescovit junto dos irmãos José Aires de Alencar Neto e Guilherme Aires Alencar Filho (Foto enviada por leitor do Portal RSN)

Os cinco condenados na operação Bala da Noite que estavam cumprindo pena na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG) já estão em casa. Willian Brescovit, Claudio Cantelli Júnior, os irmãos José Aires de Alencar Neto e Guilherme Aires Alencar Filho, além de Erian Kramer, foram libertados na manhã desta terça feira (11), após a 5ª Câmara do Tribunal de Justiça dar provimento parcial ao recurso de apelação interposto pela defesa dos envolvidos na Bala da Noite. Assim sendo, as penas iniciais atribuídas aos condenados foram reduzidas, o que possibilitou a saída da prisão, inclusive, sem o uso de tornozeleira eletrônica. É chamado o “sistema semiaberto harmonizado”.

Brescovit e os irmãos Aires de Alencar foram recebidos no lado de fora da PIG por namoradas e um amigo. O momento mereceu registro fotográfico, encaminhado ao Portal RSN. Outros que estavam presos na Cadeia Pública de Guarapuava, como era o caso de Rodolpho Schrener Neto, apontado pelas investigações como sendo um dos chefes da grupo junto com Cantelli Júnior; Daniel Marcondes Machado, também foram colocados em liberdade. Gabriel Sobutka, de Irati; Murillo Carneiro Guimarães, de Reserva; Thiago Petroski, o Petruquio; Jimmy Geezer Bueno, de Curitiba; Sidenir Oliveira da Silva, de Ponta Grossa; Robert Czekay Pires; entre outros que estavam na cadeia também foram liberados. Jorge Henrique de Oliveira Polegath, tinha sido liberado anteriormente, mas retornou à cadeia por homicídio, segundo informações da Polícia Civil. Emanoel de Mattos está com status de remoção para custódia, mas também deve ter sido colocado em liberdade.

A operação Bala da Noite, coordenada pelos policiais do Setor de Narcóticos da Polícia Civil, foi deflagrada há dois anos e desmontou uma quadrilha de venda de drogas sintéticas, com base em Guarapuava. Além do estoque de drogas, principalmente ecstasy, foram apreendidos carros de luxo, armas e munições.

Relacionadas

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

QUE VENHA DEZEMBRO

Último fim de semana de novembro será chuvoso em Guarapuava

QUE TAL SE TORNAR DOUTOR?

Unicentro anuncia autorização para oferta de Doutorado em Letras

Comentários