Consulta pública: 6 colégios do NRE de Guarapuava serão cívico-militares

Conforme o NRE de Guarapuava, a aprovação de todos os colégios indicados, revela que a sociedade deseja essa modalidade de ensino

Consulta pública: 6 colégios do NRE de Guarapuava serão cívico-militares (Foto: Agência Brasil)

A comunidade escolar decidiu após consulta pública, que os seis colégios indicados e pertencentes ao Núcleo Regional de Educação sediado em Guarapuava, terão formato cívico-militar. Três são de Guarapuava. Os outros três ficam em Pinhão, Turvo e Reserva do Iguaçu.

Assim, conforme a consulta popular terão novo formato os colégios estaduais de Guarapuava Manoel Ribas, Mahatma Gandhi e Heitor Rocha Kramer. Esse último já havia sido definido no segundo dia da consulta, na quarta (28). Também na semana passada, a comunidade escolar optou pelo formato cívico-militar para os colégios Edite Cordeiro Marques em Turvo e Michel G. P. A Reydams em Reserva do Iguaçu.

DECISÃO

Entretanto, ainda faltava encerrar a consulta para os colégios Mahatma Gandhi e Manoel Ribas de Guarapuava, e para o colégio Santo Antônio em Pinhão. De acordo com a chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), Edil Spínola, a aprovação de todos os indicados, revela que a sociedade deseja essa modalidade de ensino.

É mais uma oportunidade para a nossa comunidade, para os pais e para os alunos em questão de escolha de modalidade de ensino. A democracia se concretizou e o processo de consulta pública foi tranquilo, apesar de sabermos que existem pessoas que são contra. Mas na caminhada da consulta, os votos falaram mais alto.

Assim, conforme o NRE, a decisão pela nova modalidade de ensino a partir de 2021 teve ampla maioria em todos os colégios. Isso pode ser constatado no resultado da consulta pública. Em nenhum dos seis colégios, a opção pelo novo formato ficou abaixo de 70%.

Mas em Reserva do Iguaçu, a decisão atingiu 93,6% dos votos. Em Pinhão, 89,8% votaram pela mudança.  Já em Turvo, a comunidade escolar decidiu com 76,4% dos votos. E por fim, em Guarapuava a menor porcentagem ficou em 74,7% e a maior em 79,5%.

(Imagem: NRE)

ESTRUTURA NÃO MUDA

De acordo com o NRE, a estrutura administrativa e de funcionários continuará com o mesmo número. Dessa maneira, as escolas contarão com aulas adicionais de Português, Matemática e Civismo. Segundo o Governo do Paraná, esse reforço possibilitará um aprofundamento no estudo sobre leis e Constituição Federal. E ainda, do papel dos três poderes, ética, respeito e cidadania. No Ensino Médio, haverá também a disciplina de Educação Financeira.

Além de questões curriculares, outra mudança trazida pela nova modalidade de ensino — que será aplicada em escolas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e no Ensino Médio — é a gestão compartilhada entre civis e militares. Conforme o porte da escola, haverá um diretor civil, um militar e entre dois e quatro monitores militares.

NÃO HAVERÁ TESTE SELETIVO

E para ingressar nas escolas cívico-militares não haverá teste seletivo. De acordo com Edil Spínola, o aval para a matrícula será o desejo dos pais e do aluno em questão. “Quem já estiver matriculado continuará na escola”.

Porém, segundo o NRE, se houver mais interessados do que o número de vagas, será aberta uma lista de espera. Quem estiver matriculado ganhará o uniforme militar de gala que será enviado pelo Governo do Paraná.

CREDENCIAMENTO

Conforme o NRE, o processo de inscrição para diretor-geral dos colégios cívico-militares destinado aos profissionais da Educação já está aberto. Os interessados em participar do processo devem se inscrever até 8 de novembro, com formulário on-line.

De acordo com a chefe do NRE, Edil Spínola, o credenciamento também ocorre para interessados na direção de colégios com educação em tempo integral. O NRE de Guarapuava possui quatro colégios nessa modalidade.

“Seguindo as normas do edital, o interessado pode se credenciar em até três escolas no NRE a que pertence. E não precisa estar lotado na escola que se credenciou”. Consulte o edital completo aqui.

PARANÁ

O balanço parcial da consulta pública apresentado nessa terça (3), aponta que das 216 instituições escolhidas, 197 já encerraram o processo e 176 aprovaram a mudança. Outras 21 optaram pela manutenção do modelo tradicional. Porém, a consulta pública, aberta à comunidade escolar, segue ainda em 19 escolas até 20h desta quarta (4).

O processo de consulta pública começou na terça (27), e sofreu prorrogação, conforme a lei que regulamenta os colégios cívico-militares. Para que seja concluída a consulta, é necessário quórum de mais da metade dos votantes com ‘sim’ ou ‘não’ para a mudança.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, até o momento, 72.615 pessoas já votaram na consulta pública. A comunidade escolar é composta por pais e responsáveis dos alunos, professores, funcionários da escola e estudantes a partir de 18 anos.

Por fim, nas escolas que aprovaram a migração do modelo tradicional para o cívico-militar, a implantação do novo modelo será em fevereiro de 2021, com o início do calendário escolar.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

RECONHECIMENTO

Campo Real recebe nota máxima do Ministério da Educação

VAMOS ESTUDAR?

Senac oferece cursos técnicos na área da enfermagem em Guarapuava

DESCONTOS IMPERDÍVEIS

Black Friday: Faculdade Guarapuava oferece descontos nas mensalidades

Comentários