Debilitada, cadeia de Guarapuava registra 11ª tentativa de fuga em 20 dias

Não se sabe se este é o recorde da unidade, pois apenas recentemente o Depen/PR tornou "públicas" as situações recorrentes na cadeia

Buraco dava acesso ao pátio da delegacia (Foto: Depen)

Os presos da cadeia de Guarapuava tiveram uma nova tentativa de fuga frustrada durante a madrugada desta sexta (20). Guardas prisionais impediram a saída dos detentos que fizeram um buraco na parede da parte antiga da estrutura, onde ainda não ocorreu reforma. O buraco para a saída deles, era de frente para o pátio da 14ª SDP.

De acordo com as informações da chefia da cadeia, guardas prisionais notaram a ação dos presos e nenhum deles conseguiu fugir. A unidade conta hoje com 460 detentos, mas foi projetada para 166. Já ocorreram 11 tentativas de fuga em 20 dias. Não se sabe se este é o recorde da unidade, levando em consideração que apenas recentemente o Departamento Penitenciário tornou “públicas” as situações recorrentes na cadeia.

FUGAS

Na semana passada, vizinhos da unidade prisional gravaram uma tentativa de fuga. Ninguém ficou ferido. De acordo com a chefia da unidade, quatro homens tentaram fugir por um buraco na ventilação. Em 6 de novembro, quatro presos conseguiram fugir. Eles saíram por um buraco no sistema de ventilação do outro lado.

Dois presos fugiram da cadeia pelo esgoto em agosto (Foto: Depen)

Além disso, depois da fuga do dia 6 de novembro, os detentos participaram de um roubo no Distrito da Palmeirinha. Conforme informações, um dos detentos participa de fugas com frequência. Ele já conseguiu fugir nove vezes de diferentes unidades prisionais no Estado. Não há informações sobre a recaptura dele.

Além disso, um dia depois da fuga, em 7 de novembro, câmeras de monitoramento flagraram um detento de 20 anos escalando o muro do solário.

Galerias deterioradas com a ação do tempo (Foto: Depen)

Ainda no início da semana, a chefia da cadeia informou em nota que “guardas prisionais trabalham diariamente para identificar e impedir fugas e outros problemas na cadeia. A nossa equipe é muito comprometida e o trabalho é efetivo, pois conseguimos frustrar nove das 10 tentativas de fuga durante este mês”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SINAL VERMELHO

Covid-19 mata mais uma pessoa em Guarapuava neste fim de semana

COLHEITA FARTA

Produtor de cevada comemora colheita, qualidade e preço

LEI ALDIR BLANC

Setor cultural pede socorro para não perder recurso emergencial

Comentários