Dois homens são presos por violência doméstica em Guarapuava

Em ambos os casos os homens agrediram verbalmente as mulheres na frente dos filhos. Um deles falou que atearia fogo na casa com a família dentro

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Um homem foi preso no fim da tarde desse sábado (28) em Guarapuava. Ele foi acusado de tentar agredir sua esposa na rua Nelson Fanuchi no bairro Alto Cascavel.

De acordo com a polícia, uma viatura foi chamada por volta das 18h12. Uma pessoa denunciou que um homem estaria batendo na esposa e também nos filhos. Assim, no local, uma mulher de 33 anos contou aos policiais que estava na casa dos pais quando o esposo de 36 anos foi até lá e tentou agredi-la.

Entretanto, familiares que estavam no local impediram a ação do homem. Ele continuou fazendo ameaças e disse que atearia fogo na casa dela, quando ela e os filhos estivessem dentro. Depois disso, ele fugiu.

Enquanto a equipe conversava com a mulher, o autor voltou ao local e recebeu voz de prisão.

OUTRA OCORRÊNCIA

Outra situação de violência doméstica também foi registrada neste sábado (28). Desta vez a ocorrência aconteceu no bairro Alto Cascavel.

De acordo com a polícia, uma mulher de 40 anos contou que chegou em casa quando o seu marido, de 49 anos, começou a fazer ameças de morte, sem motivos aparentes. Ele dizia que se a polícia fosse chamada ela seria morta, pois não tinha medo de ser preso.

Além disso, o homem começou a ofender a esposa na frente dos filhos. Ele dizia que “ela saia para trabalhar, mas que na verdade ia aprontar”. Ele continuou com as ofensas e usava palavras de baixo calão.

Segundo a mulher este tipo de agressão é corriqueira. Ele foi preso.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Mais um caso de covid-19 é confirmado em Guarapuava

VAMOS PARTICIPAR?

Plano de Gestão de Resíduos conta com a participação da população

ADEUS MAIO

Semana será gelada e com céu aberto em Guarapuava

Comentários