Em Guarapuava, homem ameaça mulher com faca porque queria jantar

A mulher precisava amamentar o filho pequeno. Então, fez a janta com o bebê no colo. Mas o marido a ameaçou com faca e gestos de soco

Em Guarapuava, homem ameaça mulher com faca porque queria jantar (Foto: Divulgação)

Um homem de 33 anos ameaçou a mulher de 23 anos com faca e gestos de soco, na noite dessa terça (15) no bairro Santa Cruz, em Guarapuava. O motivo? Conforme relato da vítima à Polícia Militar, ele queria jantar e a mulher estava amamentando o filho pequeno. De acordo com informações da PM, a equipe recebeu a denúncia de violência doméstica por volta das 20h37.

Assim, quando os policiais chegaram ao endereço, a mulher relatou à PM que o marido estava bebendo cerveja e exigiu a janta pronta naquele momento. Conforme o relato, ela falou que estava amamentando a criança e só depois prepararia a comida. Dessa maneira, o homem gritou com a mulher e a ameaçou, caso ela não fizesse o jantar naquela hora.

De acordo com a PM, ela relatou que começou a fazer a janta com a criança no colo. E depois disso, o agressor ameaçou bater nela, fazendo gestos de soco. Também conforme o relato da vítima à PM, o agressor pegou uma faca que estava na mesa, ameaçando cortar a mulher.

PERSEGUIÇÃO

Após as agressões, a mulher correu para a casa de uma prima com a criança no colo. Entretanto, o marido foi até a casa da prima e começou a xinga-las com palavrões, inclusive quebrando garrafas de cerveja na porta da casa. A PM entrou em contato com a prima, que confirmou os fatos e se colocou como testemunha.

No mesmo momento em que a equipe policial se dirigia para a casa da vítima, o agressor foi encontrado na rua. Por fim, diante dos fatos e no interesse na representação, todos foram encaminhados à 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DELÍCIA LOCAL

Hoje (3) é dia de pastel da Catedral em Guarapuava

EM LUTO

Despedida de George Karam será restrito à família em Guarapuava

LUTO

Morre o médico pediatra George Karam por complicações da covid-19

Comentários