Em menos de 12 horas, PM registra 7 casos de violência contra mulher

Em uma das situações, o homem bateu com um cabo de vassoura na ex-mulher e na filha dela grávida. Depois, fugiu do local

Sete mulheres foram vítimas de violência (Foto: Arquivo

Em pouco menos de 12 horas,  a Polícia Militar de Guarapuava registrou sete ocorrências de violência doméstica em diversos bairros da cidade. Na semana passada o Portal RSN, já tinha alertado sobre o crescente número de casos deste tipo de situação.

Em uma das situações, o homem chegou em casa embriagado e agrediu a mulher, 29 anos, e a filha dela grávida com um cabo de vassoura. As duas tiveram ferimentos no crânio, nos braços e nas pernas. O homem fugiu do local.

No bairro Santa Cruz, outra mulher acionou a polícia depois que o ex-marido dela a agrediu e depois tentou estrangular ela. Ele também fugiu do local. Já no bairro Conradinho, um homem de 48 anos que não aceita o fim do relacionamento, pediu para entrar na antiga casa do casal para retirar seus pertences, porém, ficou agressivo e disse que voltaria para matar ela. Depois disso, fugiu.

Estes são apenas três dos exemplos registrados nas últimas horas. Vale lembrar que as denúncias por violência doméstica podem ser feitas pela internet.

Relacionadas

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

'Cidade dos Lagos' sedia curso de engenharia biomédica e Campo Tech Park

COTIDIANO

Medidas protetivas tiveram aumento de 87% em 2020 em Guarapuava

CUIDADO COM O GOLPE

Idoso suspeita de golpe e prende estelionatário dentro de casa

Comentários