Em Pinhão, três são presos por bebedeira e aglomeração

"Porco nenhum me sustenta, o governo não me sustenta, então vou tomar meu gole, porque fui eu que paguei", diz homem aos policiais

Em Pinhão, três são presos por bebedeira e aglomeração (Foto: Arquivo/RSN)

Três pessoas foram presas pela Polícia Militar na Vila Caldas em Pinhão. Ao todo, nove homens e mulheres bebiam na rua, caracterizando aglomeração de pessoas. Entretanto, um homem e duas mulheres desafiaram a polícia.

De acordo com a PM, a denúncia era de que na Vila Caldas havia aglomeração de pessoas. No local, nove pessoas estavam bebendo na Rua Iguaçu. Porém, quando viram a polícia, seis conseguiram fugir. Todavia, três permaneceram e enfrentaram a polícia.

Porco nenhum me sustenta, o governo não me sustenta, então vou tomar meu gole, porque fui eu que paguei, disse um homem, 41 anos.

O que nós falar lá no fórum é lei, ninguém tava na rua seus vermes, quero ver vocês provar. Sua farda vai queimar seu verme. Ou você me mata, ou eu vou ter o prazer de fazer sua farda queimar, reagiu uma das mulheres, 32 anos.

Conforme a PM, as agressões também atingiram a equipe da Vigilância Sanitária. “Se sumam da minha frente, quem são vocês pra estar na frente da minha casa?”, perguntou outra mulher.

AGRESSÕES

Embora os policiais tentassem orientar sobre as determinações para conter o avanço da covid-19, a reação continuou. Segundo a polícia, o homem e as duas mulheres começaram a agredir um dos policiais.

De acordo com a polícia, após os três serem imobilizados, foi encontrado um facão com o homem. Uma das mulheres tinha uma faca. Todos forma levados à delegacia da Polícia Civil. Entretanto, ao serem retirados do camburão, as tentativas de agressões contra os policiais continuaram. Uma das mulheres precisou ser levada ao hospital para atendimento médico.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ELE MERECE!

Cãozinho resgatado pela PRF procura novo lar

HABITAÇÃO

Cohapar possui 352 obras em execução na Região de Guarapuava

LESÃO CORPORAL

Adolescente de 17 anos fica gravemente ferido depois de agressão em LS

Comentários