Embriaguez motivou dois casos de violência doméstica, em Guarapuava

Agressões físicas e verbais e ameaças de morte marcaram o fim de semana

(Foto: Reprodução/Pixabay)

A embriaguez foi a causa de duas ocorrências de violência doméstica registradas pela Polícia Militar no fim de semana em Guarapuava. Na Vila Bela, por volta das 19h44 desse domingo (19), uma mulher foi agredida com xingamentos e ameaças, sem causa aparente.

Segundo a vítima, após ter bebido à tarde, o companheiro de 51 anos, ficou agressivo. Depois de xingar a mulher, ele pegou uma espingarda e a agrediu socos, chutes e tentou esganá-la. O autor confirmou os fatos, porém negou que tivesse arma de fogo. A equipe fez buscas pela residência, mas nenhuma arma foi localizada.

No sábado (19) às 16h10, outra mulher foi vítima de maus tratos após bebedeira do esposo. De acordo com a Polícia Militar, o homem ficou agressivo, pegou um facão e começou a ameaçar a esposa dizendo que a mataria. Além disso, deu socos na parede e destruiu móveis da casa. Nos dois casos, os agressores foram presos.

Relacionadas

Setor de eventos divulga 'nota de esclarecimento'

IRREGULARIDADE

Tribunal de Contas multa prefeito de Laranjal por irregularidades

SERRA SEGURA

PRF promove Operação Serra Segura em Guarapuava

Comentários