Energisa viabiliza conserto de ventiladores pulmonares para o São Vicente 

Energisa também doa 6,7 mil máscaras N95 para hospitais em 11 estados onde a empresa atua na distribuição de energia elétrica

A Energisa doa ventiladores pulmonares para o São Vicente (Foto: arquivo/RSN)

*Matéria atualizada às 19h24 desta terça (21) para retificação de informações.

O Grupo Energisa viabilizou o conserto de quatro ventiladores pulmonares para o Hospital São Vicente de Paulo em Guarapuava. De acordo com a empresa foi firmada parceria com o Senai, que se responsabiliza pela manutenção desses equipamentos.

Além disso, a empresa está doando 6.740 máscaras N95 a hospitais que são referência no tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Conforme a Energisa, as unidades beneficiadas ficam nos 11 estados onde a empresa atua na distribuição de energia e que estão no foco do Movimento ‘Energia do Bem’. A distribuição está sendo feita em função da quantidade que cada concessionária tinha em estoque.

De acordo com Daniele Salomão, Vice-Presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, as máscaras N95 estão sendo bastante necessárias nos hospitais que tratam os pacientes com Covid-19.  “Decidimos ajudar a suprir essa carência que se repete em todo o Brasil”.

Assim, EPIs também estão sendo entregues às categorias que têm contato mais próximo com o público externo: leituristas, almoxarifes, vigilantes e recepcionistas. Conforme as encomendas forem sendo entregues, os demais colaboradores também passarão a receber as máscaras.

ATENÇÃO AOS IDOSOS

A Energisa abriu internamente uma campanha de voluntariado com financiamento coletivo para auxiliar instituições de atendimento aos idosos. Para cada R$ 1 real doado pelos colaboradores, a empresa doará mais  R$ 1 real, até R$ 500 mil. Cada unidade de negócio selecionará as entidades que desejam apoiar nos 11 estados.

O Grupo Energisa investirá R$ 5 milhões no movimento em todos os estados onde atua. Os recursos serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local.

“O foco é sempre em ações orgânicas e dinâmicas, mas articuladas com as necessidades do poder público em cada localidade”, afirma a Vice-Presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão.

Entre os parceiros envolvidos no movimento estão a Unesco, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), Instituto Euvaldo Lodi, Sesi/Senai e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata (MG) e Evoé.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NO TRÂNSITO

Hoje inicia a Semana Nacional do Trânsito em todo o país

NÚMEROS ASSUSTADORES

Insegurança alimentar cresce e atinge mais três milhões de pessoas

COVID-19

Eduardo Pazuello assume oficialmente o Ministério da Saúde

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com