Erva-mate é a estrela de evento temático no Sul do Paraná

A Região paranaense que inclui Bituruna é a maior produtora e tem a única Indicação Geográfica para a erva-mate no Brasil

Erva-mate é a estrela de evento temático no Sul do Paraná (Foto: Divulgação)

A erva-mate, produto que já teve ciclo econômico em Guarapuava, será a vedete do ‘Mate Experience’. A programação será on-line, nos dias 16 e 17 de dezembro e vai apresentar tendências e inovação na cadeia produtiva da erva-mate.

De acordo com o presidente do Conselho Gestor da Erva Mate do Vale do Iguaçu (Cogemate), Naldo Vaz, de Bituruna, o programa pretende valorizar o produto do Paraná. Conforme o presidente, o produto possui características únicas. “O Sul do Paraná tem um relevo montanhoso. Assim, a genética da erva-mate produzida na Região é de plantas com sabor suave. Bem ao gosto do brasileiro”.

Embora composta por nove municípios, a Região é responsável por 65% da produção paranaense. Desse modo, produz 320 mil toneladas/ano. Isso contribui para que o Estado produza 55% da produção nacional. Assim em 151 municípios, a produção é de 510 mil toneladas/ano.

Todavia, Naldo Vaz faz referência ainda aos dados econômicos. De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (Deral), o Estado tem 34 mil produtores e 111 indústrias. Assim, o Sul do Paraná conta com 14 mil produtores e 47 indústrias.

Queremos defender o que temos, produto oriundo da floresta e que faz bem para a saúde. Estamos trabalhando a cadeia produtiva do Paraná, fomentando novos negócios e instigando os consumidores a experimentarem a erva-mate com apelo ambiental e boas práticas.

De acordo com Naldo Vaz, na Região, os municípios produtores são, Antonio Olinto, Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro. Além de Paula Freitas, Paulo Frontin, Porto Vitória. E ainda São Mateus do Sul e União da Vitória. Contudo, há outros aspectos encontrados apenas nos municípios sul-paranaenses. Um deles é  a Indicação Geográfica São Matheus, e a maior produção da planta de forma agroecológica.

PRODUÇÃO DE COSMÉTICOS

Conforme a turismóloga, Daiane Scolaro, vice-presidente da Associação de Turismo e Meio Ambiente do Vale do Iguaçu (Atema), há várias formas para consumir a erva-mate. “Seja em chás, como ingrediente na culinária e até como matéria prima para a produção de cosméticos. Tudo isso agregado deve posicionar a Região Sul do Paraná como o produtor da melhor erva-mate. Além da posição que já ocupa pela quantidade produzida”.

De acordo com Daiane Scolaro, é esse potencial que os organizadores do ‘Mate Experience’ querem mostrar. “Queremos divulgar a influência da erva-mate na geração de riquezas, de empregos e na cultura regional”.

Para o setor de turismo, a expectativa é de atrair visitantes para região, que venham conhecer nossos atrativos, roteiros, eventos. Despertar o interesse de conhecer a cadeia produtiva da erva-mate, desde os ervais lá no campo, até o processamento nas ervateiras, e que adquiram os produtos da erva-mate regional.

Para isso, a programação terá palestras com 28 especialistas renomados e experiências para os apreciadores de erva-mate, na culinária, na saúde e bem-estar, em intervenções artísticas e ainda apresentará dicas práticas de como utilizar a erva-mate para além do chimarrão e do chá. A participação é gratuita e as inscrições podem ser efetuadas no site oficial.

Dessa forma, o ‘Mate Experience’ adotará uma abordagem multicultural. Quadros de gastronomia, com receitas surpreendentes e momentos de bem-estar que vão mostrar como a erva-mate está sendo usada na beleza e saúde. Além disso, serão mostradas curiosidades da erva-mate ao longo da história do Brasil. Conforme Daiane, o âncora será com o jornalista e escritor Eduardo Bueno, o Peninha.

A programação começa às 18h15 de 16 de dezembro, com o Mate Poético: minutos de inspiração, com Nuno Arcanjo.

SERVIÇO

Confira mais sobre o Mate Experience no Instagram  e Facebook.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALERTA

Ocupação de leitos de UTI do HR em Guarapuava está em 97%

REAÇÃO

Funcionários do BB protestam na Agência do Lago na manhã desta sexta

'EXPLOSÃO' COVID-19

Saúde de Guarapuava confirma 128 casos da covid-19

Comentários