Estelionatários fazem duas vítimas nessa segunda (13) em Guarapuava

Uma das vítimas conseguiu localizar o endereço onde compras feitas no nome dele e seriam entregues. A outra teve o número de celular clonado

Vítimas procuraram ajuda no Batalhão da PM em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

A Polícia Militar de Guarapuava registrou nessa segunda (13) duas ocorrências de estelionato na cidade. Em uma delas, um jovem de 21 anos foi preso no bairro Primavera. As vítimas procuraram ajuda no Batalhão da Polícia Militar.

Conforme o boletim policial, a primeira situação ocorreu por volta das 16h30. Um homem de 59 anos compareceu ao Batalhão da PM e afirmou que teve o número de celular clonado. Ele contou que recebeu ligações de outro estado, onde uma pessoa solicitava um código de validação.

Segundo ele, a pessoa dizia que precisava do número para validar um anúncio de venda, que a vítima teria feito em um site. Porém, ao fazer o anúncio, não havia sido solicitado código. Assim, os golpistas clonaram o número do celular, e em seguida começaram a pedir dinheiro por meio do número. A vítima foi orientada.

CARTÃO DE CRÉDITO

A segunda ocorrência foi registrada pouco mais de uma hora depois. Um homem de 37 anos também foi ao 16º BPM e contou ter recebido uma ligação onde foi informado que uma compra teria sido cancelada. Além disso, o suposto atendente repassou um número de cartão de crédito que não pertencia ao homem.

Assim, a vítima percebeu que seus dados pessoais teriam sido utilizados para fazer cartões de crédito e compras. Para tentar localizar os golpistas o homem acessou o site de compras e conseguiu o endereço onde as mercadorias compradas seriam entregues.

Uma viatura foi até a rua Iolanda Moriler Stefanes, no bairro Primavera. No local, a PM encontrou um jovem de 21 anos e constatou que o nome dele estava nos pedidos e também nas guias de recebidos pela transportadora. Ao assinar as guias, o rapaz  informou um número de RG falso.

Além disso, ele disse aos policiais que teria feito a compra para outra pessoa, porém, disse não saber onde essa pessoa mora. O jovem afirmou aos policiais que teria recebido uma jaqueta, a qual foi comprada no site. A vítima confirmou que a compra pelo site era de uma jaqueta e que havia o registro de outro cartão de crédito onde os golpistas teriam comprado três camisetas.

Por fim, diante dos fatos as partes foram encaminhadas para 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ROUBO

Motorista é assaltado por travestis na Manoel Ribas em Guarapuava

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Alunos de Arquitetura da FG ajudam comunidade com projetos inovadores

TRISTEZA

Jovem esfaqueado por ladrão morre em Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com