“Estou mais firme e motivado do que nunca”, diz Itacir Vezzaro

Pré-candidato a prefeito, Itacir Vezzaro (Podemos) conversa com lideranças comunitárias, políticas e empresariais e interage em redes sociais

“Estou mais firme e motivado do que nunca”, diz Itacir Vezzaro (Foto: Divulgação)

O pré-candidato a prefeito de Guarapuava, Itacir Vezzaro (Podemos) cumpre extensa agenda na cidade e no interior. Conforme Vezzaro, são encontros com lideranças comunitárias, religiosas, empresariais e políticas que, segundo ele, agregam apoio ao seu nome. “Estou mais firme e motivado do que nunca”.

De acordo com Vezzaro, postulante à sucessão do prefeito Cesar Silvestri Filho, ele tem participado de várias conversas com associações de moradores, com líderes religiosos, empresários, agricultores, lideranças do agronegócio. Além dos grupos políticos Mattos Leão e Carli e também com outros pré-candidatos a prefeito.

Além desses contatos, Itacir mantém um amplo canal de comunicação em redes sociais e também WhatsApp. “Atendo a todos e estou aberto aos que desejam fazer proposições para esta fase da pré-campanha. Vejo nossa rede de amigos e seguidores crescendo todos os dias”.

O pré-candidato conta que Guarapuava tem obras sendo executadas por todos os cantos “Só não vê, quem não quer”. Porém, sabe que tem muito mais a ser feito. Assim, Itacir Vezzaro, como ex-secretário municipal de Obras, Turismo e Agricultura diz que sabe ‘de cor e salteado’ os projetos que a cidade desenvolveu e outros que estão planejados.

Conforme o pré-candidato, é nesse ritmo que ele segue confiante. “A cada dia que passa estou mais confiante, recebo ligações a todo momento com palavras de apoio à minha pré-candidatura, são pessoas da cidade e do interior. Isso só aumenta a minha responsabilidade.”

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

VACINAÇÃO

5ª Regional de Saúde terá 5.920 doses de vacina para 20 municípios

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra mais duas mortes por covid-19

INOVAÇÃO

Aluno da Unicentro cria aplicativo que orienta enfermeiros e acadêmicos

Comentários