Família agride policiais após pedido para reduzir volume de som

Perturbação do sossego alheio foi registrado em bairro de Guarapuava

(Foto: Arquivo/RSN)

O volume considerado excessivamente alto e a repreensão policial foi o pivô de agressões contra policiais em bairro de Guarapuava.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 20h de ontem (31) VW/Gol, de cor branca, estacionado na calçada em frente à residência, estava com o som ligado.

Pela perturbação da tranquilidade de vizinhos, a polícia pediu a presença do proprietário da residência. Assim, foi pedido que ele reduzisse o volume. Porém, a nora do homem, já embriagada disse que não abaixaria o som, e começou a xingar os policiais.

Conforme a polícia, em seguida o seu esposo também começou a desacatar a equipe e recebeu voz de prisão. Porém, saiu correndo no pátio da casa e ao ser contido resistiu à prisão com socos e pontapés. Os pais dele também começaram a agredir a equipe e uma das mulheres tentou dar um ‘mata leão’ num dos policiais. Para se defender o policial deu uma cotovelada na mulher que acabou caindo. Porém, o seu esposo pegou um cabo de vassoura, e entrou em luta corporal com o policial militar que levou a melhor e algemou o agressor. Todos foram para a delegacia de polícia civil.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO

Decreto prorroga manutenção de medidas restritivas até 4 de agosto

PERFIL

Eviviane Ferreira Weiber lança pré-candidatura a vereadora

NEGOCIAÇÃO

Procon expede 'recomendação administrativa' para ensino privado

Comentários