Famílias de Reserva do Iguaçu são beneficiadas com caixa d’água

A prioridade é atender municípios com indicadores sociais e econômicos mais críticos e contribuir para a saúde, o conforto e a dignidade das famílias

Reserva do Iguaçu recebe caixas d´água (Foto: Sanepar)

Reserva do Iguaçu recebe caixas d´água (Foto: Sanepar)

Trinta famílias do município de Reserva do Iguaçu, no interior do Estado, vão receber até o fim de janeiro uma nova entrega de reservatórios domiciliares do Programa Caixa D’Água Boa. O programa leva a assinatura da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Além da parceria com com a Secretaria de Estado da Família, Justiça e Trabalho, e os municípios.

Assim, um desses lares é o da dona de casa Liberaci do Belém Ochiovi. Moradora da cidade há mais de 20 anos, nunca conseguiu comprar uma caixa-d’água para o imóvel. “É tanto que eu preciso, porque a gente não tem como comprar a caixa. Nas vezes em que falta água na rede, a gente fica sem. A caixa ajuda muito, e a gente tem muito a agradecer por isso”.De acordo com a Sanepar, Liberaci conta que ela e o ex-marido trabalharam por algum tempo em fazendas da região e, nesses lugares, a limpeza de caixa-d’água era uma de suas funções. “Pelo menos uma vez por mês eu fazia a limpeza, lavava as caixas-d’água dos patrões. Tem que ter a limpeza, pra você ter uma água saudável. Isso é muito importante, é o mínimo que a gente tem que fazer. A água chega limpa pra nós, temos que garantir que continue assim”, destaca.A dona de casa Doralice Furquin da Rocha também receberá o reservatório. Ela e os seis filhos moram juntos.

Eu vivo de carpir lote e nunca tive caixa-d’água. De oito anos pra cá moramos numa casa que tem água encanada. No lugar onde eu morava antes, nem água tratada tinha. Tomava água que vinha do mato. Era as crianças direto no posto, sempre doentes”, recorda. “Com a caixa-d’água é diferente, porque aí a gente conserva a água limpa. Ter água tratada é tudo pra nós.

O prefeito de Reserva do Iguaçu, Sebastião Almir Caldas de Campos, elogiou o programa. “Só temos a agradecer, parabenizar e elogiar pela iniciativa. Nosso desejo é que a Sanepar e o Governo do Estado possam potencializar esse projeto. Ficamos muito satisfeitos com mais esta parceria, que só traz benefícios. As famílias vão receber as caixas-d’água e toda a estrutura sem custo, isso é maravilhoso”.

PRIORIDADE

A prioridade do programa é atender municípios com indicadores sociais e econômicos mais críticos. A intenção é contribuir para a saúde, o conforto e a dignidade das famílias atendidas. Conforme a Sanepar, é a garantia do acesso à água tratada, mesmo em situações de interrupção temporária do abastecimento público. Como por exemplo, quando é necessário fazer manutenções e ampliações na rede de distribuição de água.

De acordo com a estatal, o Programa está na terceira fase e já beneficiou mais de quatro mil famílias em todo o Estado. Assim, na área de abrangência da Gerência Regional da Sanepar em Guarapuava, até agora 549 famílias receberam reservatórios domiciliares.

Assim, na primeira etapa, foram atendidos os municípios de Marquinho, Espigão Alto do Iguaçu, Laranjeiras do Sul, Quedas do Iguaçu, Virmond e Rio Bonito do Iguaçu. Na segunda etapa, foram beneficiadas famílias de Cantagalo, Laranjal, Palmital, Pinhão, Pitanga, Santa Maria do Oeste e Turvo. Porém, nesta terceira fase, neste primeiro semestre, deverão ser entregues mais 180 caixas-d’água em Campina do Simão, Foz do Jordão, Goioxim, Manoel Ribas, Nova Tebas e Reserva do Iguaçu.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

FESTA

Começa hoje (22) programação de Carnaval no Parque em Irati

CARNAVAL + SOL

Carnaval deve ser de altas temperaturas em Guarapuava

PESCA LIBERADA

Liberadas as pescas amadora e profissional de espécies nativas no PR

Comentários