Federal prende seis pessoas por ocupação de área em Guarapuava

Grileiros, outros invasores, e políticos que incentivam a ocupação de terras públicas, buscando obter capital eleitoral, também estão sendo investigados

Federal prende seis pessoas por ocupação de área em Guarapuava (Foto: Polícia Federal)

Seis pessoas foram presas numa operação da Polícia Federal, nesta terça (26) em Guarapuava. De acordo com a PF, a operação começou a partir de investigação que apurava o corte de árvores em floresta considerada de preservação permanente. Entretanto, as apurações revelaram que há ocupação sistemática de parcelas de solo situadas na Reserva Legal do Projeto de Assentamento 13 de Novembro. Trata-se de uma área da União. 

De acordo com as investigações, as ocupações vêm aumentando no decorrer dos últimos três anos. “Se nenhuma providência fosse adotada, não haveria mais vegetação nativa a ser preservada”. Conforme a Polícia Federal, o que representa dano irreparável ao meio ambiente, já que no bioma danificado há espécie da flora em risco de extinção, a araucária angustifolia ocotea porosa.

A PF disse destacou que grileiros, outros invasores, e políticos que incentivam a ocupação de terras públicas, buscando obter capital eleitoral, também estão sendo investigados. “As ações policiais, em breve, resultarão na responsabilização de todos envolvidos nos fatos investigados”.

Relacionadas

BALANÇO

Setembro mantém tendência de queda casos de covid-19 em Guarapuava

BOM SINAL

Números do Novo Caged refletem recuperação da economia

NEM É VERÃO

Temperaturas superiores a 30ºC devem ser registradas em Guarapuava

Comentários