Gaeco prende duas pessoas em Pinhão após investigação contra fraudes em licitações

Flagrante em cumprimento de mandados, porém, foi por porte de munições

(Foto: Reprodução)

Duas pessoas foram presas no município de Pinhão nesta quinta feira (30), por porte de munição, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), de Ponta Grossa. A suspeita é de que essas duas pessoas integrem um grupo criminoso que atua em fraudes a licitações, com a participação de um auditor da Receita Estadual.

Além de Pinhão, o Gaeco cumpriu mandados de busca e apreensão também nas cidades de Ponta Grossa, Londrina, São João do Triunfo e Reserva. Os mandados foram cumpridos no gabinete de um auditor fiscal na Receita Estadual em Ponta Grossa, em um escritório de contabilidade e em residências. Durante o cumprimento dos mandados, o auditor fiscal foi preso em flagrante por porte de arma.

De acordo com o que foi apurado na investigação, o fiscal era dono de várias empresas que registrava em nome de terceiros para facilitar a manipulação das licitações. Ele chegou a registrar três veículos (um Fusca e dois ônibus) e quatro empresas em nome de uma pessoa em situação de rua, cujo falecimento permitiu a descoberta dos fatos. Dentre os crimes investigados, estão falsidade ideológica, fraudes a licitação e crimes contra a ordem tributária, com ocultação de patrimônio, em associação ou organização criminosa.

Além da busca e apreensão destinada à coleta de provas, o Juízo da 3ª Vara Criminal de Ponta Grossa aplicou ao auditor fiscal medidas cautelares proibindo-o de manter qualquer contato com outros investigados e com a família do homem em situação de rua que figurou como dono do patrimônio do investigado.

Relacionadas

EXPLORAÇÃO SEXUAL

Travesti denuncia exploração de cafetina contra 'trans' que vêm de fora

SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO

Programa Educacional de Trânsito ocorre em colégios de Guarapuava

REQUERIMENTO

Súmula de requerimento de Licença Prévia de Ampliação

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com