Geral na Cadeia de Guarapuava apreende celulares, facas e bebida alcoólica artesanal

O Depen divulgou ainda que os agentes localizaram dois buracos na estrutura da unidade prisional

O Depen encontrou dois buracos na estrutura da Cadeia Pública de Guarapuava (Foto: Ascom/Depen-PR)

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) divulgou no fim da tarde desta quinta (29) o balanço de uma revista geral na Cadeia Pública de Guarapuava. Foram apreendidos 18 celulares e 45 litros de bebida alcoólica artesanal.

Além disso, as equipes apreenderam 16 carregadores e 200 gramas de maconha. Também foram encontradas 55 gramas de cocaína e 21 facas artesanais. A polícia ainda localizou dois buracos na estrutura física da cadeia.

A ação foi desencadeada por equipes do Setor de Operações Especiais (SOE), com apoio dos agentes penitenciários da unidade e da regional do Depen/PR. De acordo com a assessoria a Operação Epistrofi – como foi nomeada a fiscalização – teve como principal objetivo retirar os materiais ilícitos da unidade.

Ainda de acordo com a assessoria, os buracos descobertos já foram fechados, frustrando assim, qualquer possibilidade de tentativa de fuga.

O Depen divulgou a apreensão de 18 celulares e 21 facas srtesanais(Foto: Ascom/Depen-PR)

Mais de 320 presos foram movimentados para que os trabalhos pudessem se desenvolver. A última operação deflagada na unidade de Guarapuava foi no dia 6 de agosto. Na ocasião as autoridades encontraram 15 baterias e 47 estoques (facas artesanais). Além disso, os policiais descobriram uma ‘tereza’ (corda artesanal feita de pano) e 195 gramas de maconha.

Na ocasião a operação movimentou 429 presos, sendo 378 homens e 51 mulheres. A cadeia está superlotada, já que tem 429 presos, mas foi construída para abrigar 166 detentos provisórios.

ASSIS CHATEUBRIAND

Os trabalhos foram desencadeados por agentes penitenciários do Depen com o apoio de equipes da Polícia Militar (Foto: Ascom/Depen-PR)

Além disso, o Depen apreendeu na Cadeia Pública de Assis Chateaubriand, outros 19 aparelhos celulares, quatro fones de ouvido e cinco carregadores. Conforme a assessoria, após a revista, cinco presos foram transferidos para a cidade de Foz do Iguaçu. Os materiais apreendidos foram encaminhados ao Setor de Inteligência do Depen, onde serão analisados.

FOZ DO IGUAÇU

Foram movimentados mais de 370 presos durante os procedimentos (Foto: Ascom/Depen-PR)

Já em Foz do Iguaçu, o  SOE em conjunto com o Grupo de Segurança Interna (GSI) e da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu (PEF2), também fizeram buscas na unidade prisional. De acordo com a assessoria, o bloco II foi vistoriado. Além disso, foram movimentados 370 presos durante a ação.

A assessoria divulgou que foram apreendidos:

– 24 litros de bebida alcoólica artesanal;
– nove celulares;
– seis estoques;
– uma broca;
– três chips;
– dois cartões de memória;
– sete carregadores;
– três fones de ouvido;
– duas baterias;

Além disso, seis presos precisaram ser conduzidos para a 6ª Subdivisão Policial por desobediência, desacato, ameaça e subversão da ordem. Os materiais apreendidos foram encaminhados ao Setor de Inteligência do Depen.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COLISÃO

Quatro pessoas ficam feridas em acidente na PR-170 em Guarapuava

PERIGO NO TRÂNSITO

PM registra quatro acidentes na Região Central de Guarapuava

PRISÕES E APREENSÕES

Dois homens são presos com 66 quilos de maconha e 100 munições

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com