Governador entrega 10 leitos de UTI para a Santa Casa de Goioerê

Goioerê tem 13 casos confirmados de coronavírus, com cinco pacientes recuperados e uma morte, além de 15 casos em análise

Valor gasto com os leitos em Goioerê é de R$ 1,6 milhão (Foto: AENPr)

O Governo do Estado entregou nesta quinta (25) 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Santa Casa de Misericórdia em Goioerê. Os novos leitos devem sanar o problema estrutural de saúde pública na cidade. Neste primeiro momento, os leitos serão destinados exclusivamente para atender pacientes infectados pelo coronavírus. Goioerê tem 13 casos confirmados de coronavírus, com cinco pacientes recuperados e uma morte, além de 15 casos em análise.

De acordo com as informações do Governo do Estado, o valor gasto com os equipamentos foi de R$ 1,6 milhão. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde vai repassar aproximadamente R$ 500 mil por mês como ajuda de custeio para manutenção dos leitos.

Durante a entrega, o governador, Ratinho Junior, reconheceu que este é um momento duro, de pandemia, em que precisamos acelerar ainda mais o processo de descentralização da saúde no Paraná, fazer com que o atendimento fique próximo das pessoas. “Com essa UTI, a Santa Casa de Goioerê se transforma em um importante hospital regional, em condições de colaborar com as cidades vizinhas”.

Ratinho Junior acrescentou que, passado a Covid-19, os leitos serão readequados, servindo para atendimento de traumas e doenças. “É uma pequena contribuição para a saúde de Goioerê e de toda a Região”.

UNIÃO

O secretário da Saúde, Beto Preto explicou que, por causa da inexistência de leitos especializados, os moradores de Goioerê precisavam ser deslocados para receber atendimento em outras cidades-polo, sobrecarregando o sistema, especialmente em Campo Mourão.

“Nunca vimos ou vivemos algo parecido com essa pandemia, por isso o momento é de unir esforços pela saúde. Essa UTI vai certamente ajudar Goioerê, mas também irá contribuir com cidades da Região Oeste e Noroeste”.

NO ESTADO

Um relatório da Secretaria da Saúde mostra que, agora, já contando com Goioerê, em todo o Estado existem 784 leitos de UTI e 1.265 leitos de enfermaria para adultos. Além disso, 37 leitos de UTI e 70 de enfermaria pediátricas, exclusivos para pacientes com a covid-19. Esses números se referem a leitos SUS.

MICRORREGIÃO

Ainda de acordo com Beto Preto, a Santa Casa deslocou outros 20 leitos de enfermaria para atendimento exclusivo da covid-19, sendo 16 para adultos e quatro pediátricos. O custo mensal de cada quarto é estimado em R$ 186 mil.

Além disso, o provedor da Santa Casa da cidade, Gerson de Brito, afirmou que agora instituição de saúde se torna destaque na Região. “Com isso Goioerê passa a ser uma grande referência em termos de saúde pública, podendo atender toda a microrregião”.

O prefeito de Goioerê, Pedro Coelho, destacou a união de forças entre as cidades da Região para combater o coronavírus. Ele afirmou o trabalho em conjunto busca garantir atendimento de qualidade à população.

A prefeita Suely Alves Pereira, de Rancho Alegre do Oeste, destacou que as melhorias ficam depois que a pandemia acabar. “A Santa Casa, um hospital que acolhe o povo, sai fortalecida para enfrentar o coronavírus. Mas não é só isso: a estrutura fica para atender a população que mais precisa depois que a pandemia passar”.

CUIDADOS

Desse modo, o governador Ratinho voltou a pedir a colaboração da população para diminuir a circulação do vírus. De acordo com ele, além do isolamento social, as pessoas precisam seguir as recomendações de higienização. “Não temos ainda vacina e também não remédio comprovadamente eficaz. Então precisamos fazer nossa parte e nos cuidar o máximo possível”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

EM ALERTA!

Aumento de casos eleva isolamento a 44% em Guarapuava

TEMPO FIRME

Após expectativa de ciclone, tempo fica firme no fim de semana

CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

Meio ambiente orienta moradores para o descarte correto em lixeiras públicas

Comentários