Governador virá a Guarapuava para inauguração de duas escolas

Segundo o deputado Artagão Junior, Ratinho Júnior estará na cidade na quinta (4), a partir das 9h

Secretário Renato Feder e deputado Artagão Junior (Foto: Divulgação)

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, estará em Guarapuava na quinta feira (4), para a inauguração dos colégios estaduais Leni Marlene Jacob e Pedro Carli. Os investimentos do Estado nessas duas obras passam de R$ 7 milhões.

Esta será a primeira vez que Ratinho Júnior virá à cidade depois de eleito. Acompanhado pelo secretário de Estado da Educação, Renato Feder, o governador chegará pouco antes das 9h, quando irá até o Leni Marlene Jacob, no Bairro Primavera. Em seguida, às 10h30, entrega o Colégio Pedro Carli, na Vila Bela.

O anúncio foi feito pelo deputado estadual Artagão Júnior ao Portal RSN no final da tarde desta sexta (29). “Estivemos com o secretário da Educação, Renato Feder e também entramos em contato com o governador para definir a data. Felizmente, foi agendado rapidamente para a próxima quinta”.

Em setembro de 2015 as obras das duas escolas foram paralisadas por causa de medida cautelar do Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR) que suspendeu o contrato da Secretaria de Estado da Educação (Seed) com a MI Construtora de Obras Ltda. Havia suspeita de irregularidades.

Em julho de 2015, um relatório do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, mostrou que os fiscais da obra do Colégio Estadual Pedro Carli, ligados à Secretaria da Educação, fizeram oito medições e apontaram que a obra estava 66,74% executada. Entretanto, encontraram apenas 21,28% da obra de fato realizada. Como os pagamentos são feitos a partir das medições, a empresa já havia recebido cerca de R$ 1,7 milhão, quando, segundo o TC-PR, deveria ter recebido pouco mais de R$ 893 mil.

Em relação à obra do Colégio Estadual Leni Marlene Jacob, havia diferenças semelhantes. Os fiscais ligados à Secretaria da Educação, em sete medições, apontaram o cumprimento de 55,62% da obra, mas, em visita ao local, os inspetores do TC encontraram apenas a execução de 22,37% da obra executada. Assim, de acordo com o TC-PR, a empresa deveria ter recebido cerca de R$ 771 mil, mas acabou ganhando mais de R$ 1,6 milhão.

Entretanto, em junho de 2016, por ordem do então governador Beto Richa, as obras foram retomadas. Após nova licitação feita pelo Governo do Estado, por meio do Fundepar, a empresa Largo Engenharia retomou as obras que estão concluídas.

O novo prédio do Colégio Estadual Pedro, que compartilhava espaço com o CAIC, conta com refeitório, cozinha, área de serviço, sanitários e quatro salas de aula. Atualmente, o colégio atende 619 alunos do ensino fundamental e 156 alunos do ensino médio.

Com a inauguração da nova estrutura, o local poderá receber mais 300 estudantes, incluindo, alunos que moram próximos, mas que estão matriculados em bairros vizinhos.

O Colégio Estadual Leni Marlene Jacob ganhou um novo refeitório, cozinha, área de serviço e sanitários. O colégio atende 483 alunos matriculados no ensino fundamental e 155 no ensino médio e agora poderá ampliar o número de turmas.

Relacionadas

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

UniGuairacá lança app que ajuda quem precisa escolher uma profissão

UNINDO TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO

Tecnologia garante educação de presos durante a pandemia

VAGAS NA UNICENTRO

EaD da Unicentro seleciona professores formadores para curso de Pedagogia

Comentários