Governo e Senai investirão R$ 1,4 milhão em soluções contra a Covid-19

Recursos serão direcionados ao desenvolvimento de soluções contra a doença, com foco em aplicabilidade para profissionais de saúde

Soluções serão executadas dentro da rede do Sistema S (Foto: AENPr)

A Governo do Estado e o Senai Paraná vão investir R$ 1,4 milhão nos próximos meses em um edital de chamamento público para ajudar startups e empresas mais consolidadas a desenvolverem iniciativas de enfrentamento ao novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo governo do Estado hoje (23).

De acordo com a assessoria do governo, o objetivo é acelerar ideias e soluções que já estão ambientadas em teste para ajudar a sociedade diante da pandemia e da crise econômica decorrente dela. É uma iniciativa da Superintendência de Inovação da Casa Civil do Governo do Estado e da Fundação Araucária.

Assim, o foco é a aplicabilidade para profissionais de saúde e controle da circulação da Covid-19. Os recursos serão direcionados ao desenvolvimento de testes diagnósticos. Além de ventiladores pulmonares portáteis de baixo custo; inteligência artificial aplicada em análises de imagens dos pacientes;. E ainda serviços remotos de saúde; controle e monitoramento da disseminação do vírus; controle à distância de ressonância magnética e tomografia computadorizada.

Por fim, soluções de apoio a pacientes em confinamento domiciliar ou quarentena hospitalar; georreferenciamento de diagnosticados, e produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para profissionais da saúde, entre outros.

Os projetos serão desenvolvidos com acompanhamento de profissionais do Senai e executados dentro da rede do Sistema S, nos Institutos de Inovação e de Tecnologia.

INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

As inscrições devem ser feitas pelo site até o dia 3 de maio. Há critérios de seleção e uma entrevista virtual. Assim, podem participar microempreendedores individuais (MEIs), empreendimentos que não possuem CNPJ matriz ou filial no Estado, e empreendimentos que possuam em seu contrato social, dirigente ou empregado do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

O prazo de execução será de quatro meses e o valor máximo por projeto será de R$ 142 mil. Os recursos poderão ser usados dentro do projeto, não podendo envolver viagens e diárias, despesas com divulgação e quaisquer outros dispêndios acessórios ao desenvolvimento da tecnologia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CONFIRMADO!

Bolsonaro testa positivo para covid-19 nesta terça (7)

REPERCUSSÃO

Pesquisa do Instituto do Instituto de Câncer pauta jornal da USP

COVID-19

Morre Nardão, vice-presidente da Associação do bairro Primavera

Comentários