Guarapuava ganha nova Delegacia da Polícia Rodoviária Federal

Maringá também terá uma nova delegacia da PRF. As duas unidades somam-se às sete já existentes, totalizando nove delegacias

Guarapuava ganha nova Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (Foto: Ascom/Policia Rodoviária Federal)

A Polícia Rodoviária Federal iniciou, no último sábado (1), a operação de duas novas delegacias no Paraná, em Guarapuava e Maringá. As duas unidades somam-se às sete já existentes, totalizando nove Delegacias da PRF estrategicamente posicionadas no estado.

Assim, a delegacia em Guarapuava está em uma posição estratégica para ser implementada e vai ter a segunda maior circunscrição entre as delegacias da PRF do estado. São mais de 550 quilômetros de rodovias com alto fluxo de veículos e índices de crimes transnacionais.

Além disso, a cidade faz parte do trajeto entre Curitiba e Foz do Iguaçu, podendo servir de base para ações coordenadas de gestão ou operacionais. Neste primeiro momento, a Delegacia ficará responsável pela Unidade Operacional (UOP) do Guará, com circunscrição de cerca de 170 quilômetros de rodovia. Atenderá desde a ponte do Rio Iguaçu, em Candói, na BR-373, entrando na BR-277 e seguindo até o trevo do relógio. De lá, segue pela BR-373 até a ponte do Rio dos Patos, em Prudentópolis.

De acordo com o chefe da nova delegacia em Guarapuava, Pedro Diniz, a PRF se une às demais agências de segurança pública da Região com uma representação forte. “Desse modo, somando forças para trazer tranquilidade não somente aos moradores locais, mas também aos usuários das vias por onde passam as riquezas que trazem o progresso nacional”.

MARINGÁ

A nova sede, em Maringá, terá sob responsabilidade 474 quilômetros de rodovias federais, distribuídos em três unidades operacionais: UOP Mandaguari, UOP Alto Paraná e UOP Campo Mourão.

Para o chefe, Luis Spaciari, por estar em uma posição estratégica, terá condições de subsidiar e implementar ainda mais as ações de fiscalização. “Com isso,  garantir a segurança na circulação de pessoas e cargas, em especial de nossas riquezas agropecuárias”.

Para o superintendente da PRF no estado do Paraná, Ismael de Oliveira, as duas novas delegacias vão trazer mais segurança à sociedade. “Vamos ter um avanço significativo na gestão, operação e representação da nossa PRF em duas Regiões do Paraná muito relevantes para o Brasil, onde não só reside boa parte da população paranaense, mas também por onde circulam importantes riquezas nacionais, nos mais diferentes modais logísticos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DIA DE PASTEL

Nesta quinta (1), tem pastel na Catedral em Guarapuava

MAIS CASOS

Guarapuava registra sete novos casos de covid-19

EM GUARAPUAVA

Cerca de 60% dos mesários das duas zonas eleitorais são voluntários

Comentários