Homem ateia fogo na casa da ex-mulher em Guarapuava

O homem ateou fogo na casa depois de receber uma notificação de uma medida protetiva contra ele. Ele não aceitava o fim do relacionamento

O homem já teria ameaçado outras vezes atear fogo na casa da ex-companheira (Foto: Reprodução/Pixabay)

Um homem foi preso durante a madrugada desta quarta (30) depois de atear fogo na casa da ex-mulher em Guarapuava. Ele não aceitava o fim do relacionamento. De acordo com a polícia militar a ocorrência foi na rua dos Marceneiros, no Residencial 2000. A equipe foi até o local para prestar auxílio ao Corpo de Bombeiros que fazia rescaldo de incêndio em uma casa incendiada.

Assim, enquanto a PM fazia o boletim de ocorrência chegou uma mulher e informou que seu tio teria colocado fogo na casa. Depois disso, chegou a moradora da casa e contou que o homem que teria ateado fogo na casa era seu ex-convivente e que ela estava tentando se separar dele.

Além disso, ela contou aos policiais que o ex-companheiro já teria ameaçado por fogo na casa antes. Por fim, nessa terça (29) a mulher teria conseguido uma medida protetiva para evitar que o homem se aproximasse. Assim, ele foi informado por um oficial de justiça sobre tal ordem judicial, algumas horas antes do incêndio. As mulheres informaram à polícia o local onde ele estava e ele foi preso.

NA PALMEIRINHA

Uma jovem de 19 anos também foi vítima do ex-companheiro no distrito da Palmeirinha em Guarapuava. De acordo com a PM, o homem de 58 anos tentou invadir a casa da jovem. Além disso, ele estaria armado com uma faca. A mulher contou aos policiais que sofre ameaças frequentes.

Assim, quando a equipe chegou ao local, o homem já não estava mais. Por fim, a PM deslocou até a casa dele na Vila Palmira, onde ele foi localizado. O homem confirmou os fatos e indicou a faca que utilizava. Ele foi preso e conduzido até a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ATENDIMENTO PÚBLICO

Mercado Produtos da Terra retoma atendimento nesta segunda (10)

BOLETIM COVID

Saúde confirma um novo caso de covid-19 neste domingo (9)

SEGUNDA VEZ

Homem é assaltado e obrigado a pagar bandido com cartão de débito

Comentários