Homem reage e desacata a Polícia Militar após acidente em Guarapuava

Caminhão bateu num poste e derrubou fios de alta tensão. Homem chegou e se negou a sair do local isolado por policiais

Homem reage e desacata a Polícia Militar após acidente em Guarapuava (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

O acidente ocorrido na noite dessa quinta (8) no Centro de Guarapuava teve desdobramentos. Por pouco um homem que chegou ao local não foi preso por resistir à ordem policial. De acordo com a Polícia Militar, a colisão de um caminhão contra um poste derrubou fios de alta tensão na rua Pedro Alves. Conforme a polícia, o local foi isolado para segurança dos populares. Todavia, um homem de 43 anos chegou ao local e ignorou o isolamento. Ao ser abordado por policiais o homem desacatou a equipe dizendo: ““eu sou primo do sargento, seus bosta”.

Conforme a PM, em seguida, o desobediente entrou no local isolado sendo necessário o uso de força moderada para retirá-lo. Entretanto, segundo a polícia, ele cessou a resistência e passou a colaborar com a equipe. Porém, teve que ir até o cartório do termo circunstanciado do 16ºBPM, para as medidas cabíveis.

O ACIDENTE

Por volta das 20h30 dessa quinta (8), o motorista de um caminhão Iveco Tector, conduzido por homem de 23 anos, avançou a preferencial. De acordo com o Aspirante Yan, da PM, o motorista que vinha pela rua Marechal Floriano Peixoto disse que se distraiu. Assim, ele atravessou a rua Pedro Alves batendo num Ford Ka e em seguida num poste de energia elétrica e num muro. Cerca de quatro quadras ficaram às escuras. Conforme a PM, uma moto Honda VT 600 Shadow, que encontrava-se estacionada, também acabou sendo atingida.

Apesar dos danos materiais, a PM disse que nenhuma pessoa saiu ferida. Todavia, o caminhão Iveco, encontrava-se com número do chassi divergente daquele que consta na placa. Após checagem junto à Delegacia de Polícia Civil, PM apreenderam o caminhão e o condutor, e o encaminharam à 14ª SDP, onde prestou esclarecimentos sobre os fatos. Por fim, a PM fez o teste do bafômetro nos motoristas, mas nenhum tinha ingerido bebida alcoólica.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

AUMENTO DE CASOS

Curva da média móvel de Guarapuava segue aumentando

COLÉGIO MILITAR

Comunidade escolar começa a consulta pública em Guarapuava

MISTÉRIO

Morador de 48 anos é encontrado morto dentro de casa em Guarapuava

Comentários