Hospital Regional poderá ter ala para atender pacientes com coronavírus

Secretário de Estado da Saúde descarta necessidade de hospitais de campanha, neste momento, e diz que montará retaguarda no Hospital Regional em Guarapuava

Hospital Regional está praticamente concluído (Foto: Arquivo/RSN)

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto disse nesta terça (31) que uma ala do Hospital Regional de Guarapuava poderá ser preparada para atender casos de coronavírus. Outros hospitais que estão em fase de conclusão em Telêmaco Borba e Ivaiporã também foram citados por Beto Preto no programa Meio Dia Paraná (RPC).

De acordo com o secretário, uma reunião entre ele e diretores da Paraná Edificações, na manhã de hoje (31), tratou desse assunto. “Caso haja necessidade de ampliar a nossa estrutura hospitalar já temos essa estrutura na retaguarda”.

O HR em Guarapuava está com 90% da obras concluídos e localiza-se no bairro planejado Cidade dos Lagos. O funcionamento vem sendo reivindicado pela deputada estadual Cristina Silvestri. Na última semana, o deputado Artagão Junior também fez a mesma solicitação.

Deputada Cristina Silvestri e o secretário Beto Preto (Foto: Ascom)

“NÃO PRECISA DE HOSPITAIS DE CAMPANHA”

Entretanto, ao contrário de postagens feitas por médicos em rede sociais, Beto Preto descartou a necessidade de hospitais de campanha, neste momento. Ele disse que não há tempo hábil para contratação e treinamento de pessoal.

“Preferimos trabalhar com a rede hospitalar já existente. É lá que estão médicos e outros profissionais com expertise”. Conforme o secretário, o Estado possui um parque hospitalar com unidades privadas, filantrópicas contratadas pelo governo.

“Ampliamos essa estrutura em 25% na semana passada, aumentando de 1,3 mil para 1,6 mil leitos de SUS. Nos próximos dias teremos dois mil [leitos]”. Conforme Beto Preto, com a suspensão de cirurgias eletivas que ocupam leitos de UTI’s, nos próximos dias mais leitos serão abertos.

Por fim, Beto Preto voltou a pedir que a população fique em casa. “Se você não parar agora, poderá parar num hospital”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ENSINO SUPERIOR

Prazo para se inscrever no Enem termina nesta quarta (27)

INFRAESTRUTURA

Ruas da comunidade da Paz recebem recape asfáltico em Candói

FOI POUCO!

Apesar da chuva, estado de alerta pela estiagem continua em Prudentópolis

Comentários