Professor Xavier abre a votação em colégio de Guarapuava

Aos 92 anos, um dos mais tradicionais professores de Guarapuava saiu cedo de casa para exercer a cidadania

Idoso de 92 anos é o primeiro eleitor a votar em colégio de Guarapuava (Foto: Reprodução/G1)

Um idoso de 92 anos deu aula e foi o primeiro eleitor a votar em um colégio de Guarapuava neste domingo (15). O aposentado Ignácio Francisco Xavier, conhecido como professor Xavier, acordou às 6h e colocou até terno e gravata para participar da eleição. “Eu voto porque quem é patriota tem que votar. Eu voto desde os 18 anos, olha quantos anos faço isso”. Sendo assim, o idoso já participa das votações há 74 anos.

Para Ignácio, a eleição é um momento de extrema importância e ele a trata assim. Em todas as eleições, ele levanta no mesmo horário e buscar sair de casa logo cedo para escolher os candidatos. Conforme uma familiar, ele gosta de se preparar. “Ele sempre quer ir todo elegante, de terno e gravata como ele gosta. Ele dá uma lição de honra e patriotismo. Lição que ele passa aos filhos, netos, toda a família e amigos”.

Professor Xavier é um dos mais tradicionais professores e empresários do município. Assim, além de ensinar na sala de aula, mostra que também ensina quando o assunto é cidadania. Além disso, a nora do professor é candidata a vereadora. Portanto, Xavier mostrou apoio nas urnas logo cedo.

HORÁRIO

Ignácio também é exemplo em cumprir o horário indicado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Por conta da pandemia da covid-19, o horário de votação das eleições municipais foi ampliado em uma hora. Assim, os eleitores começaram a votar às 7h e seguem até às 17h.

Entretanto, as três primeiras horas, das 7h às 10h davam preferência aos idosos, grupo de risco da covid-19.

*Com informações do G1

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DE 'DAR ÁGUA NA BOCA'

Como já é tradição, hoje (26) tem pastel da Catedral em Guarapuava

NOVA GESTÃO

"Vou oxigenar o primeiro escalão", diz Celso Goes

QUAL TESTE DEVO FAZER?

Administração de Guarapuava orienta como e quando fazer testes da covid-19

Comentários