Instituto de Ação Social Renascer é incluído e ganha alimentos do MST

O instituto Renascer atende 175 famílias em situação de vulnerabilidade social com atividades no antigo Centro de Nutrição em Guarapuava

Instituto de Ação Social Renascer é incluído e ganha alimentos do MST (Foto: Instituto Renascer)

O Instituto de Ação Social Renascer é uma das entidades beneficiadas com os alimentos distribuídos por agricultores familiares ligados MST, neste sábado (30), em Guarapuava. A intermediação para que a entidade fosse incluída na lista foi feita pelo Portal RSN a pedido de membros do Instituto.

Assim, serão entregues ao Renascer mais de 50 quilos de produtos oriundos de 30 comunidades de assentamentos, acampamentos, posseiros e faxinalenses.

De acordo com a presidente do Renascer, a entidade hoje atende 175 famílias em situação de vulnerabilidade social. Antes, porém, o então Centro de Nutrição Renascer era voltado apenas ao atendimento de crianças desnutridas. Criado há 26 anos, o Centro mudou de nome e de conceito do atendimento.

“Com a erradicação da desnutrição em nosso município, desde 2011 o Centro teve seus serviços remodelados, atendendo as legislações específicas. Diante dessa nova realidade, atende agora com ações de assistência social e não mais da área da saúde. E em 2017 o nome foi alterado para Instituto de Ação Social Renascer”.

(Foto: Instituto Renascer)

Conforme a presidente Dinari Estrela Pereira, o Renascer oferece hoje atividades de promoção, emancipação social e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

“A instituição oferta diversas oficinas, atendendo crianças e adolescentes, e famílias proporcionando momentos recreativos, lúdicos e formativos, que visam à garantia e defesa dos direitos fundamentais”.

Segundo a presidente, são oficina de música, convivência (yoga e meditação), dança, judô, capoeira pedagógica, teatro, informática e corte e costura.

ALIMENTO

(Foto: Instituto Renascer)

Os participantes das atividades e famílias cadastradas recebem mensalmente alimentos, de acordo com as necessidades de cada uma. Lanches e demais alimentos básicos, são arrecadados por meio de doações, tanto de pessoas físicas, jurídicas, além de ações promovidas na própria instituição.

São bazares, rifas, venda pastéis e pizzas, entre outras, além da destinação do Nota Paraná, troco solidário e projetos sociais.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CONVERSA ON-LINE

MIS-PR promove conversa comemorando o dia do patrimônio audiovisual

BOA AÇÃO

Grupo 'Duelo do Bem' começa as reformas no hospital Santa Tereza

TIRA-DÚVIDAS

TSE lança aplicativo para tirar dúvidas no WhatsApp nas eleições 2020

Comentários