Irati supera marca de 200 casos confirmados de covid-19

Sexta vítima da covid-19 no município foi homenageada ontem (13) em frente a Santa Casa de Irati. Jairo Trindade de 31 anos era técnico de enfermagem

Colegas prestaram homenagens ao técnico em enfermagem que morreu ontem (13) de covid-19 (Foto: Kelly Ramos/Portal Clique)

No dia em que o município de Irati registrou a sexta morte por covid-19, a Saúde também superou a marca de 200 pacientes com a infecção. A maior incidência de casos é em pacientes do sexo feminino. Ainda de acordo com as informações das autoridades de saúde municipais, o pico da doença está previsto para 18 de agosto.

Conforme os dados divulgados pela Saúde, a maior incidência de casos é pacientes do sexo feminino, sendo que do total de 203 casos confirmados, 117 são mulheres. Além disso, 51 pacientes estão dentro da faixa etária entre 30 e 39 anos. Ainda conforme as informações, 27 pacientes tem mais de 60 anos.

Porém, o índice de recuperados é de 86%. Isso porque, 175 pacientes que tiveram resultados positivos para a covid-19, já são considerados curados. Duas pessoas permanecem internadas, uma delas em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Já a outra em uma enfermaria. Desse modo, 20 pacientes ainda cumprem isolamento domiciliar e outras 101 ainda aguardam resultado dos exames.

COMOÇÃO

A sexta vítima da covid-19 em Irati, é Jairo Rafael Trindade de 31 anos. Ele era técnico de enfermagem e atuava na linha de frente do combate à doença na Santa Casa de Irati. Os colegas de Jairo prestaram no fim da tarde de ontem (13) uma emocionante homenagem ao profissional.

Desse modo, em frente à Santa Casa os colaboradores fizeram um momento de oração e a houve a soltura de balões brancos. De acordo com o Portal Clique, Jairo teve os primeiros sintomas e fez a coleta para exame no dia 31 de julho e em seguida, com piora do quadro, foi transferido ao Hospital Regional de Guarapuava, onde permaneceu em leito de UTI, entubado, não resistindo às complicações da doença.

MEDIDAS

A Saúde de Irati se antecipou ao avanço da covid-19 no município. Desse modo, implantou medidas de segurança severas, incluindo o toque de recolher, antes mesmo de confirmar o primeiro caso de covid-19. O primeiro caso foi registrado em 5 de maio.

Depois, disso, com o avanço da doença na cidade, a Saúde endureceu as medidas chegando a decretar lockdown aos fins de semana e feriados no dia 7 de julho.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Guarapuava confirma quatro novos casos de covid-19

ADRENALINA

Shopping Cidade dos Lagos abre pista de patinação nesta sexta

INOVAÇÃO

Projeto PrevSIN do Simepar inova na previsão de chuvas

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com