Itacir deve disputar espaço com Priscila Schran no ‘Podemos’

Presidente do 'Podemos Mulher' deixa Secretaria da Mulher para estar à disposição do partido à sucessão de Cesar Filho na Prefeitura de Guarapuava

Itacir deve disputar espaço com Priscila Schran no ‘Podemos’ (Foto: RSN)

A desincompatibilização da ex-secretária da Mulher, Priscila Schran traz à tona uma duplicidade de pré-candidaturas no ‘Podemos’ em Guarapuava. Priscila deixou a cargo nesta quinta (4), no ‘apagar das luzes’ do prazo previsto pela Justiça Eleitoral para as eleições deste ano, surpreendendo o cenário político local. Em nenhum momento, até então, o nome da jornalista e contadora tinha sido cogitado para disputar a sucessão de Cesar Filho.

De acordo com informações de fontes do Portal RSN ligadas à Prefeitura, ela e a mãe Eva Schran, que foi vice-prefeita no primeiro mando de Cesar Filho, estiveram na manhã desta quinta com o prefeito. Em seguida foi confirmada a saída dela do primeiro escalão da Prefeitura.

“Fui convidada a colocar o meu nome à disposição para a vice-prefeitura. Sou coordenadora do Podemos Mulher e decidi me desincompatibilizar agora pra poder cumprir o prazo legal e ter tempo para avaliar e analisar a ideia da pré-candidatura”, disse ao Portal RSN.

Assim com essa nova situação, o atual vice-prefeito, Itacir Vezzaro sai de uma situação cômoda para uma disputa interna no próprio partido. Até então, ele era o único pré-candidato pelo ‘Podemos’. Porém, lá na frente teria uma ‘queda de braço’ com o ex-secretário municipal de Saúde Celso Goes, pré-candidato a prefeito pelo ‘Cidadania’. Ambos querem o apoio do grupo de Cesar Filho.

Como o ‘Cidadania’ tem como uma das principais lideranças a deputada estadual Cristina Silvestri, portanto, compõe a base do prefeito, a exemplo de outras legendas partidárias.

‘BOM QUADRO’

Embora o nome de Priscila tenha surgido somente agora, ela é considerada um ‘bom quadro’ político. Ativista no combate contra a violência feminina, sempre teve uma participação ativa no movimento popular que envolve as mulheres do bairro Primavera e outros movimentos sociais.

Atual presidente do “Podemos Mulher”, a desincompatibilização de Priscila aponta dois caminhos: estar à disposição do partido para ocupar uma candidatura majoritária ou então ser uma ‘carta na manga’ para possível composição com o ‘Cidadania’. Condição que dificilmente seria aceita por Vezzaro já que o seu maior desejo no momento é ser escolhido para administrar Guarapuava.

Porém para Priscila , seria a repetição da história política vivida por Eva Schran. Outra possibilidade é atuar na organização do ‘Podemos Mulher’ e no fortalecimento da chapa feminina para a Câmara Municipal.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

MISTÉRIO

Morador de 48 anos é encontrado morto dentro de casa em Guarapuava

PARCERIA

Leandre diz que Cancer Center é 'divisor de águas' e referência estadual

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava confirma 27 novos casos de covid-19 em 24h

Comentários