Jovem de 22 anos é atingido por tiros em Guarapuava

Em Laranjal, um jovem de 18 anos foi atingido com tiro acidental disparado pelo irmão de 19 anos. O disparo saiu de uma arma artesanal

Jovem de 22 anos é atingido por tiros em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu a uma ocorrência de lesão corporal e disparo de arma de fogo nesse domingo (10) em Guarapuava. De acordo com a PM,  por volta das 17h12, funcionários da Upa do Batel informaram que um homem de 22 anos, havia chegado à unidade, com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo.

O jovem relatou aos policiais que estava na rua Turíbio Gomes, no bairro Vila Bela. Em determinado momento, ele disse que passou um carro que o jovem não soube informar qual era. E que uma pessoa do carro deu vários tiros na direção dele.

Assim, dois tiros atingiram o rapaz na clavícula esquerda e deltoide esquerdo. Conforme a vítima, o autor dos disparos fugiu. Por fim ele ainda disse que não conhece a pessoa. O jovem foi orientado quanto às medidas cabíveis.

LARANJAL

E em Laranjal, um rapaz de 18 anos foi atingido por tiro acidental disparado pelo irmão de 19 anos.  A ocorrência aconteceu às 14h desse domingo (10), na rua Santa Efigênia, no Centro da cidade.

A equipe foi acionada pelo Posto de Saúde de Laranjal. A enfermeira de plantão, relatou que um rapaz de 18 anos tinha dado entrada na unidade de saúde com ferimento causado por disparo de arma de fogo. No local, os policiais constataram que o jovem tinha ferimento no ombro direito.

A vítima afirmou para a PM que o tiro foi disparado acidentalmente pelo irmão de 19 anos. Na residência da família, os policiais encontraram o irmão da vítima. Ele disse que encontrou a arma na dispensa e sem saber o que era foi pegar o objeto.

Entretanto, conforme o relato, neste momento a arma “puxa fieira” de fabricação artesanal, sem calibre definido, disparou e atingiu o irmão que estava na varanda. O dono da arma foi identificado como sendo um idoso de 75 anos.

Aos policiais o homem afirmou que a arma estava guardada havia mais de 15 anos e que nem lembrava da existência da mesma. A vítima foi transferida para o hospital de Pitanga. Por fim, a arma foi apreendida e juntamente com os demais envolvidos, foi encaminhada à 44° Delegacia de Polícia Civil de Palmital, para os procedimentos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Guarapuava confirma mais três casos da covid-19 nesta segunda

Do 'fundo do poço', Flavia Proche dá a volta por cima e hoje é superação

CONTRA O TRÁFICO

Mais de 112 quilos de maconha já foram apreendidos em Guarapuava

Comentários