Mãe é presa por maus tratos a filho de oito anos, em Guarapuava

Caso ocorreu na noite de segunda (1), no bairro Batel

Uma mulher de 30 anos foi presa, em Guarapuava, devido a maus tratos com o filho, de oito anos. O caso ocorreu na noite dessa segunda feira (1) e foi divulgado nesta terça (2), pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, o caso de maus tratos ocorreu no bairro Batel e foi descoberto após uma denúncia de agressão que duas mulheres fizeram contra a autora, que seria ex-cunhada de ambas. As agressões teriam ocorrido porque as vítimas solicitaram que a criança, de oito anos, passasse uma semana na casa do pai. Após o pedido, a mãe se alterou e agrediu a criança, segundo a polícia, sem motivo. A autora e as mulheres entraram em briga corporal no local.

No cartório do 16º Batalhão da Polícia Militar, as denunciantes mostraram áudios onde a mãe admitia ter batido na criança.

“Disse também que poderia bater novamente e que não teria condições de cuidar sozinha da criança”, informou a PM.

O Conselho Tutelar foi acionado e comprovou o caso de maus tratos. A autora já possuía outra denúncia da mesma natureza contra outro filho. A mulher foi encaminhada à 14ª Subdivisão Policial (SDP) de Guarapuava e a criança foi deixada com o pai. Nenhum dos envolvidos tiveram seus nomes divulgados pela polícia.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra 92 novos casos de covid-19 e governador faz apelo

VAMOS ESTUDAR?

UniGuairacá promove simulado gratuito para o Enem

Comentários