Mais de 112 quilos de maconha já foram apreendidos em Guarapuava

Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública e são referentes ao primeiro trimestre de 2020. A maconha é a droga mais apreendida no PR

Em Manoel Ribas, 170 quilos de maconha foram apreendidos em apenas uma ocorrência (Foto: Ascom/PM)

A Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) divulgou os dados atualizados sobre as apreensões de drogas, entre os meses de janeiro e março deste ano, em todos os municípios do Paraná. Em Guarapuava, no primeiro trimestre de 2020 já foram tirados de circulação 112,7 quilos de maconha.

Além disso, os dados divulgados pela Sesp confirmam que nos três primeiros meses deste ano foram apreendidos em Guarapuava, 520 gramas de cocaína. E ainda, 1,120 quilo de crack, 41 comprimidos de ecstasy e 19 pontos de LSD. O combate ao tráfico de drogas é uma das bandeiras levantadas pela Polícia Militar na cidade.

A secretaria classifica as Regiões como Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp). A cidade de Guarapuava é a sede da 7ª Aisp. Outros 13 municípios pertencem a área de Guarapuava. Desse modo, o município com maior volume de maconha apreendida neste primeiro trimestre de 2020 é Manoel Ribas.

Isso porque, foram apreendidos 170 quilos de droga em apenas uma ocorrência na cidade. Na ocasião, duas mulheres foram presas quando transportavam os volumes em um Toyota/Corolla pela PR-466. Entre os municípios pertencentes a 7ª Aisp, somente cinco tiveram registro de apreensão de drogas no primeiro trimestre deste ano.

ANO PASSADO

A maconha é a droga mais apreendida na Região de Guarapuava. Desse modo, em 2019, as forças de segurança tiraram de circulação na cidade 3576,2 quilos de maconha. Em segundo lugar, fica o crack. De janeiro a dezembro do ano passado foram apreendidos na cidade 5,39 quilos da droga.

Já as apreensões de cocaína somaram 4,88 quilos no mesmo período. Além disso, os dados apontam que foram apreendidos 231 comprimidos de ecstasy e 145 pontos de LSD.

Conforme a Sesp, em todos os 14 municípios da 7ª Aisp, foram registradas apreensões que somaram 6006,61 quilos de maconha.

RELATÓRIOS

Além disso, a Sesp informou na semana passada os números relativos aos homicídios em todo o Estado. Em Guarapuava, no primeiro trimestre de 2020, houve acréscimo nos registros de assassinatos na cidade.

Além disso, agora constam dados relativos aos crimes de feminicídio nos relatórios da secretaria.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ATÉ 10 DE JULHO

UTFPR tem 148 vagas em 4 cursos em Guarapuava pelo Sisu

EPIDEMIA DE VIOLÊNCIA

Crescente número de violência contra mulher alerta autoridades

AVANÇO

Apenas duas cidades da 5ª Regional não têm suspeita de covid-19

Comentários