Mais de 140 casas populares são licitadas em Prudentópolis

Investimento de R$ 14 milhões será dividido em três empreendimentos habitacionais para famílias carentes

O setor habitacional de Prudentópolis passará por um amplo desenvolvimento nos próximos meses. Isso porque a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a administração municipal estão concluindo neste mês o processo licitatório para a construção de 141 casas populares. O início das licitações foi em novembro de 2018.

(Foto: Ascom/Prefeitura de Prudentópolis)

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, os imóveis se dividirão em projetos distintos para o atendimento de famílias carentes e idosos do município. Serão três empreendimentos habitacionais, com investimento total de R$ 14 milhões. São eles:

REQUALIFICAÇÃO URBANA DA VILA SANTANA

O maior deles será a requalificação urbana da Vila Santana. Este conjunto será composto por 76 moradias e atenderá famílias de baixa renda que já são cadastradas em outros projetos de assistência social no município.

Ainda segundo a assessoria local, além da construção de moradias, haverá reforma de 12 imóveis que estão em más condições. Obras de infraestrutura e urbanização na Vila Santana, beneficiarão outras 89 famílias.

Para este empreendimento habitacional, os recursos são estimados em aproximadamente R$ 7 milhões. O valor é resultado de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

CONDOMÍNIO DO IDOSO

Uma verba de R$ 5 milhões viabilizará a construção de um condomínio para cidadãos idosos de Prudentópolis. Neste empreendimento serão 40 moradias, além de estruturas complementares, como espaços de atenção à saúde, acompanhamento social e lazer. A manutenção do local será feita em conjunto com técnicos municipais.

Conforme informações da assessoria, haverá uma triagem para recebimento de moradores. Poderão residir no Condomínio do Idoso, pessoas solteiras ou casais com mais de 65 anos que possuam renda entre um e seis salários mínimos.

CARTEIRA PRÓPRIA

Já no terceiro projeto habitacional de Prudentópolis serão construídas 25 casas com recursos próprios da Cohapar, financiadas diretamente para os beneficiários. Segundo a assessoria, haverá uma seleção social dos munícipes para definir quem será atendido.

“O cadastramento será executado pela prefeitura e a seleção será feita pelas equipes da Cohapar e prefeitura, com o intuito de dar prioridade para aqueles que mais precisam deste apoio”, relatou Vilmar Montani, responsável pelos programas habitacionais.

O prefeito de Prudentópolis, Adelmo Luiz Klosowski, comemorou as obras no município, destacando o trabalho da equipe local.

“Esses projetos serão importantes para abaixarmos a demanda de habitação do município. Para chegarmos a esses números de casas tivemos participação efetiva do departamento de habitação e da Secretaria de Assistência Social que fazem um trabalho espetacular. E, também, ao bom relacionamento entre a prefeitura e a Cohapar que resultaram na liberação desses projetos”, afirmou.

Relacionadas

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

LUTO

Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina

Comentários