Medicina da Campo Real faz ação Integração Ensino e Serviço

A ação teve início em março, dentro no módulo "Da Concepção ao Nascimento"

(Foto: Ascom)

O curso de Medicina, do Centro Universitário Campo Real vinculado ao Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino/Saúde (Coapes), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, desenvolve a segunda etapa da ação de Integração Ensino/Serviço. A prática promove o desenvolvimento de competências no atendimento ao binômio materno-infantil com os acadêmicos do terceiro período.

A ação teve início em março, dentro no módulo “Da Concepção ao Nascimento”. “A Articulação Teoria-Prática do Módulo ‘Ciclos de Vida’ de Medicina está proporcionando a obtenção de competências no acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança em seu primeiro ano de vida”, explicou o professor e coordenador adjunto de Medicina, Anderson Vinícius Fadel.

Ele destacou ainda que isso constitui em um dos pilares da saúde infantil, simultaneamente a uma ação de educação permanente, direcionada aos médicos clínicos das Unidades Básicas de Saúde de Guarapuava.

(Foto: Ascom)

INTEGRAÇÃO ENSINO, SERVIÇO E COMUNIDADE

A assessoria da instituição explicou que os médicos pediatras realizarão atendimentos compartilhados de crianças no primeiro ano de vida, juntamente com os médicos clínicos e enfermeiras das Unidades Básicas de Saúde. Essa é uma ação de matriciamento, com o objetivo de aperfeiçoar competências e habilidades no atendimento dessas crianças, buscando melhorar ainda mais a redução da mortalidade infantil que atingiu os menores dígitos no município recentemente.

Simultaneamente, os acadêmicos do terceiro período de Medicina estão acompanhando esses atendimentos e desenvolvendo habilidades médicas e competências cognitivas, em contato direto com os cenários de prática do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essa é mais uma das ações de integração entre o curso de Medicina, Secretaria Municipal de Saúde, para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde e para a formação de um futuro profissional médico ciente das necessidades de saúde da população local e de seu papel social frente à comunidade”, comenta o professor Anderson.

Relacionadas

DESCONTOS IMPERDÍVEIS

Black Friday: Faculdade Guarapuava oferece descontos nas mensalidades

QUE TAL SE TORNAR DOUTOR?

Unicentro anuncia autorização para oferta de Doutorado em Letras

ALTA PROCURA

Faculdade Guarapuava formou 200 profissionais de contabilidade

Comentários