Militar morto no Haiti trabalhou em Guarapuava

Da redação – O Exército Brasileiro confirmou ontem, dia 18, a morte do coronel João Eliseu Souza Zanin, 19º oficial brasileiro falecido no Haiti, em virtude do terremoto ocorrido no país. Zanin trabalhou há alguns anos no 26º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), localizado em Guarapuava, e atualmente desempenhava suas atividades em Brasília.

“O Comando do Exército lamenta informar a identificação do corpo do Coronel JOÃO ELISEU SOUZA ZANIN que se encontrava na situação desaparecido na cidade de Porto Príncipe, desde o dia 12 de janeiro, em razão do trágico terremoto ocorrido. O Coronel ZANIN, que servia no Gabinete do Comandante do Exército, encontrava-se no Haiti participando de reuniões de coordenação de pessoal”, afirmou o Exército Brasileiro em nota oficial.

Foto: Zanin (à esquerda) trabalhou no 26º GAC, em Guarapuava (fonte: www.anvfeb.com.br)

Relacionadas

BOLETIM COVID

HSV confirma 90% de ocupação de leitos de UTI privados da covid-19

SONHO DA CASA PRÓPRIA

Interessados em casas da Cohapar têm até dia 24 para se inscrever

ENSINO SUPERIOR

Vestibular da Unicentro segue com inscrições abertas até 4 de fevereiro

Comentários