Moradora é atacada com pedrada no rosto em Guarapuava

A moradora de 41 anos sofreu ferimento de grande proporção no lado esquerdo do rosto. O agressor de 20 anos foi preso pela PM

Moradora é atacada com pedrada no rosto em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Uma moradora de 41 anos do bairro Boqueirão ficou bastante machucada, após ser ferida com uma pedrada no rosto na noite dessa segunda (8) em Guarapuava. De acordo com relato policial, a ocorrência do tipo lesão corporal grave, com dano e ameaça ocorreu por volta das 22h10.

Os policiais então foram até a rua Leonardo Coblinski, no bairro Boqueirão e o marido da mulher informou que ela tinha levada pelo Samu até a Upa do Trianon, para receber atendimento médico. Conforme o marido, a esposa tinha ficado bastante ferida no rosto com a pedrada.

Os policiais então foram até a Upa do Trianon e a vítima relatou que ouviu o cachorro latindo no pátio da casa, perto da grade e saiu para ver o que estava acontecendo. A mulher afirmou que viu um homem de estatura mediana que vestia blusa de moletom cinza e calça azul escura.

Ele estava na frente da casa dela bastante alterado e aparentemente drogado e gritava com o cachorro da moradora. Ao questionar o homem, ele começou a ameaçá-la, dizendo que era para ela parar de incomodar. Caso contrário, entraria no pátio e mataria a moradora e o cachorro.

AGRESSÃO

O filho da moradora saiu no pátio e também sofreu ameaça. Conforme relato da vítima, o homem disse que não era para o filho se meter, se não ele entraria lá e mataria todos. Em seguida, ele arremessou uma pedra que acertou o rosto da mulher, causando um ferimento de grande proporção no lado esquerdo do rosto.

Conforme a moradora, depois da agressão, ela entrou em casa, e o agressor permaneceu em frente da casa arremessando pedras, que danificaram vários vidros das janelas. Depois ele fugiu. Enquanto uma equipe policial fazia patrulhamento pelas proximidades para encontrar o homem, a PM recebeu a informação via Copom que a mãe do agressor tinha solicitado a presença da Polícia Militar.

De acordo com a mulher, o filho estaria na mesma rua, na residência onde mora com ela e estaria muito alterado. No local, a mulher informou que o filho de 20 anos já tinha saído com uma bicicleta vermelha. A mãe confirmou as características repassadas pela moradora agredida com uma pedra.

Em novo patrulhamento, os policiais encontraram o jovem que foi reconhecido pela vítima. Mesmo diante dos policiais, ele continuou fazendo ameaças à vítima, dizendo que sabia bem certo onde ela morava e que isso não ficaria assim. O agressor afirmou ainda que iria preso, mas depois que saísse “iria acertar as contas”.

Por fim, ele foi preso e com a pedra usada na agressão apreendida, foi conduzido a 14ª SDP para procedimentos cabíveis.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Guarapuava começa a semana com mais nove casos confirmados

SAÚDE

Municípios da 5ª Regional ainda tem casos de sarampo em investigação

IRREGULARIDADES SANITÁRIAS

Ação de fiscalização multa comerciantes e moradores em Guarapuava

Comentários