Mulher é presa ingressando celulares e drogas na cadeia de Guarapuava

Ela foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e por tentar ingressar aparelho celular em estabelecimento prisional

A jovem vai responder por tráfico de drogas (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Uma mulher de 18 anos, foi presa durante a madrugada deste sábado (8) depois que câmeras de segurança flagraram o momento que ela tentou ingressar celulares e drogas para os presos da galeria C da Cadeia Pública de Guarapuava, anexa a 14ª SDP.

Conforme as informações, guardas prisionais desconfiaram da movimentação dos presos da galeria, que esticaram uma corda feita com roupas e outros objetos, popularmente chamada de tia, em direção à rua e ficaram monitorando. Minutos depois, viram uma pessoa tentando passar algo aos presos.

Polícia investiga quais presos receberiam os materiais (Foto: Ascom/Depen)

Assim, conforme a chefia da cadeia pública, ela estava com 424 gramas de maconha, 10,4 gramas de cocaína e dois celulares. Ela foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e por tentar ingressar aparelho celular em estabelecimento prisional. Assim, somente pelo tráfico, se condenada, pode pegar de cinco a 15 anos de prisão.

Por fim, os policiais e o Departamento Penitenciário do Paraná trabalham em conjunto para levantar informações de quem receberia os materiais. Assim, se descoberto, além da falta disciplinar, os presos envolvidos podem responder pelos mesmos crimes da mulher.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

80ª morte por covid-19 é confirmada em Guarapuava

DESTAQUE NACIONAL

Professora da Unicentro recebe prêmio de excelência por pesquisa

PREVENÇÃO

Mega operação vai combater a criminalidade em Guarapuava e Região

Comentários