Mulher fica ferida depois de ser agredida no rosto pelo irmão

Denúncias levaram os policiais até o local, onde uma mulher de 48 anos foi encontrada com o rosto coberto de sangue

O homem não teve o nome divulgado pela polícia (Foto: Arquivo/RSN)

Um homem de 43 anos foi preso depois que denúncias levaram a Polícia Militar até uma casa onde ele estaria agredindo a mãe e a irmã dele. De acordo com as informações, a PM registrou a ocorrência no fim da tarde de ontem (18), no bairro Santana. Ele ainda tentou agredir os policiais depois da voz de abordagem.

De acordo com o boletim oficial da PM, quando a equipe chegou no local encontrou um mulher de 48 anos com o rosto coberto de sangue. Ela informou que teria sido agredida pelo irmão. Os policiais tentaram abordar o agressor, que ainda estava no local, porém, ele se trancou dentro de uma casa e segurou a porta de entrada com um sofá.

Depois disso, a polícia insistiu para que a porta fosse aberta, mas o homem não atendeu a ordem. Por isso, os policiais forçaram a entrada e conseguiram abordar o acusado, porém, ele tentou investir contra a equipe com socos, e precisou ser contido por meio de força moderada. Os policiais prenderam o agressor e o encaminharam para a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

BOLETIM COVID

HSV confirma 90% de ocupação de leitos de UTI privados da covid-19

ENSINO SUPERIOR

Vestibular da Unicentro segue com inscrições abertas até 4 de fevereiro

IMUNIZAÇÃO

5ª Regional receberá 79.200 unidades de insumos da vacina contra covid-19

Comentários