Nem mesmo a chuva atrapalhou a presença de Jadson em Guarapuava

"Já conquistei tudo o que tinha sonhado", diz o jogador ao Portal RSN

Jadson e equipe da R9 (Foto: Divulgação)

Nem mesmo a chuva que caiu sobre Guarapuava no final da tarde dessa terça feira (18) impediu o sucesso da inauguração da Ronald Academy, a R9, franquia do ex-jogador Ronaldo.

Localizada na rua Anastácia, no bairro Boqueirão, em meio a uma área verde, a R9 trouxe a Guarapuava o meio-campista Jadson, do Corinthians. Foi ele a grande atração da festa. Simpático e solícito, Jadson atendeu crianças e adultos. Não se furtou a nenhuma solicitação de fotos, entrevistas e autógrafos. De acordo com a empresária Dany Vogt, cerca de 750 pessoas prestigiaram o evento.

Ao Portal RSN, o jogador, que nasceu em Londrina, no Paraná, contou um pouco da sua história. “Descobri que gostava de futebol aos cinco anos de idade”. Dessa descoberta para aprimorar o talento, Jadson precisou de muitos chutes, treinamentos e sorte. “No futebol, além do talento, você precisa de muita sorte”.

Aos 17 anos ele foi para o Clube Atlético Paranaense onde foi revelado nas categorias de base. Em seguida, foi contratado pelo clube ucraniano Shaktar Donetsk, ganhando vários títulos, entre estes, cinco campeonatos ucranianos e uma Copa da UEFA, atual Liga Europa. Foi ele o autor do gol que deu o título à equipe do Donetsk e eleito o melhor jogador da temporada pelos torcedores. É o único estrangeiro a ser homenageado pelo clube na calçada da fama.

“Quando o pessoal do Shakhtar me ligou, fiquei bastante emocionado. Estar presente na calçada da fama e entrar para a história de um clube como esse é para poucos”, afirmou.

De volta ao Brasil em 2012, contratado pelo São Paulo, vestiu a camisa 10, que pertenceu ao Raí, considerado um dos maiores ídolos da equipe. De acordo com Jadson, em 2014, ele foi para o Corinthians e de lá para a China onde jogou no Tianjin Quanjian, durante dois anos.

“Em 2017 voltei para o Corinthians. Já joguei na Seleção Brasileira e na minha vida profissional já conquistei tudo o que tinha pra conquistar. Me sinto realizado e não almejo mais nada. Estou feliz assim”.

Relacionadas

REGIÃO

Prudentópolis abre inscrições para passeio ciclístico das cachoeiras gigantes

ESPORTE

Em Pinhão, Prefeitura busca parcerias para participar da Taça Bronze de futsal

Comentários