Neto de 18 anos tenta matar o avô de 64 anos com tiro em Guarapuava

O neto deu um tiro no pescoço do avô com uma garrucha calibre 22 no bairro Morro Alto. Ele foi preso e levado para a 14ª SDP

Neto de 18 anos tenta matar o avô de 64 anos com tiro em Guarapuava (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Um jovem de 18 anos tentou matar o próprio avô de 64 anos com um tiro no pescoço nessa segunda (13) em Guarapuava. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 12h40, um idoso foi até o 16º BPM e apresentava ferimento no pescoço ocasionado por disparo de arma de fogo.

Foi acionada uma equipe do Samu para prestar socorro à vítima, que passou as informações do que havia ocorrido. De acordo com a vítima, o tiro atingiu o pescoço e transfixou. Ele ainda relatou que antes de ser atingido, o neto apontou a arma para a mãe.

Com base nas informações passadas pelo homem, a PM foi até a rua XV de Novembro, no bairro Morro Alto, onde policiais do Choque e do oficial CPU viram um homem em atitude suspeita sair correndo para os fundos de uma casa.

FUGA E PRISÃO

De acordo com a polícia, o suspeito pulou muros e entrou em um matagal, sendo acompanhado pelos policiais. Foi solicitado apoio das demais equipes e feito um cerco da Região de mata com uso de sirene e giroflex. Após fazer buscas sem encontrar o suspeito, as equipes retornaram para a casa, em busca da arma do crime.

Enquanto policiais do Choque faziam buscas dentro da casa, a equipe CPU encontrou uma garrucha em um terreno. A arma calibre 22 sem marca aparente, estava carregada com uma munição. Havia mais cinco munições intactas em um pote, escondida em um matagal, dentro do pátio da casa. Foi acionada a equipe operações com cães do 16º BPM para encontrar o rapaz de 18 anos. A mãe dele confirmou que a arma era do filho e que ele teria a jogado no terreno ao ver os policiais.

Conforme a PM, ainda durante as buscas, a equipe CPU recebeu informações de que o autor teria retornado à residência, onde teriam ocorrido os disparos. Pelos fundos da casa, os policiais chegaram até o pátio, onde o rapaz foi localizado. Ele confessou ter disparado contra o avô, e ser o proprietário da arma de fogo. Diante dos fatos, o rapaz foi preso e levado até a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DIFICULDADE

A.A Batel sente a crise sem poder arrecadar fundos e organizar jogos

UTILIDADE PÚBLICA

Procon aciona Ministério Público sobre aumento em contas de água

PPP

Iluminação em Led chega aos bairros de Guarapuava

Comentários