Novo decreto fecha o comércio em Guarapuava

Conforme Cesar Silvestri Filho, novo decreto restringe a abertura do comércio em Guarapuava, exceto serviços essenciais, por tempo indeterminado

Coronavírus: como fica o funcionamento da administração em Guarapuava (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

*Reportagem com vídeo

O prefeito de Guarapuava Cesar Silvestri Filho decretou na tarde deste sábado (21), o fechamento compulsório de todos os estabelecimentos comerciais do município. “Assinei o novo decreto municipal nº 7821, restringindo a abertura do comércio em Guarapuava, exceto serviços essenciais, por tempo indeterminado”.

De acordo com o prefeito, outras medidas como o isolamento compulsório de idosos com mais de 70 anos, funcionamento de bares e restaurantes, estão sendo definidas. “O importante agora é ficarmos em casa. Cuide de você e de quem você ama”.

Estamos tomando medidas progressivas para diminuir a circulação desnecessária de pessoas pela cidade. Percebemos que muitos ainda não compreenderam a importância de evitar sair de casa de forma desnecessária. Por isso, estamos determinando novas regras para preservar a integridade da saúde dos guarapuavanos. Não deixaremos de agir. Estamos monitorando hora a hora o quadro epidemiológico de nossa cidade, do Paraná e de todo o país. Peço tranquilidade e serenidade, vamos passar por isso juntos.

Entre os pontos principais do decreto, fica estabelecido que as instituições bancárias deverão se limitar aos
serviços de autoatendimento. Além disso, fica determinado o fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes a partir de 21 de março de 2020. Assim, só será permitida a entrega de alimentos (delivery) e retirada no balcão, observando as regras dos decretos anteriores.

Por fim, ficará disponível no site oficial do município, a partir deste domingo, um link para cadastro de pessoas e clubes de serviços que vão se disponibilizar a fazer serviços voluntários para ações de enfrentamento a pandemia da COVID-19. Em especial, ações voltadas a população idosa que obrigatoriamente ficará confinada.

Assista o vídeo em que Cesar anuncia novas medidas de prevenção e combate ao coronavírus.

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Na última quinta (19), o prefeito já havia decretado situação de emergência no município. Assim, desde a sexta (20), o comércio já funcionava em horários restritos. Além disso, também fecharam na sexta, academias, shoppings, cinemas, teatro, museus, casas noturnas e de shows, centros de eventos, escolas de atividades esportivas e clubes.

Houve restrição de público e de horário de funcionamento em bares. Por fim, desde sexta, setores como o transporte coletivo e supermercados já vinham funcionando com alterações.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ECONOMIA

Paraná perde quase R$ 1,5 bilhão em arrecadação no 1º semestre

INSPIRAÇÃO

Projeto do grupo turvense Gralha Azul é premiado internacionalmente

LIQUIDA DO BEM

Shopping Cidade dos Lagos promove liquidação solidária

Comentários