Operação apreende celulares, estoques e droga na Cadeia de Guarapuava

Em quase 9 horas de operação, policiais encontraram 40 celulares, 47 estoques e maconha

*Reportagem atualizada para inclusão de fotos às 13h29 do dia 06/08.

(Foto: Gilson Boschiero/RSN)

A Operação ‘Lobo Bravo II’ feita nas dependências da Cadeia Pública de Guarapuava nessa segunda (5) começou às 9h30 e só terminou às 18h. Em quase nove horas de operação, foram apreendidos 40 celulares, 15 baterias, 47 estoques (facas artesanais). Conforme o Departamento Penitenciário (Depen), os policiais encontraram também uma tereza (corda artesanal feita de pano) e 195 gramas de maconha.

(Foto: Ascom/Depen)

De acordo com informações do Depen, o ‘bate grade’ contou com a participação do Setor de Operações Especiais (SOE). Agentes penitenciários e agentes de cadeia também participaram. A ação foi uma solicitação da Divisão de Operações de Segurança (DOS) dentro das políticas de segurança do Depen.

(Foto: Ascom/Depen)

O objetivo era buscar materiais ilícitos e também a verificação estrutural da unidade. A operação movimentou 429 presos, sendo 378 homens e 51 mulheres. A cadeia está superlotada, já que tem 429 presos, mas foi construída para abrigar 166 detentos provisórios.

Relacionadas

PROGRAME-SE

Shopping Cidade dos Lagos tem atrações diversificadas neste 'feriadão'

VIOLÊNCIA

Carro, celulares e até chope foram furtados em Guarapuava

VIOLÊNCIA

Homem agride policiais durante abordagem em Guarapuava

Comentários