Paraná segue em situação de surto de sarampo após confirmar novo caso

O Estado estava encerrando a situação de surto quando um novo caso foi confirmado. Em Guarapuava, dois pacientes permanecem em investigação

Paraná segue em situação de surto de sarampo após confirmar novo caso (Foto: Arquivo/RSN)

Quando o Paraná estava completando os 10 dias para encerrar a situação de surto de Sarampo, o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde confirmou um novo caso no Paraná. O fim da situação de surto terminaria após 90 dias sem registros de novos casos da doença. O registro faz com que o Estado permaneça em situação de surto. O registro foi feito no município de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

O informe do Paraná totaliza 1.839 casos confirmados no período de monitoramento, com início em agosto do ano passado. O boletim traz uma ocorrência a mais em relação à publicação da semana anterior. Outros 240 casos estão em investigação. Até o momento são 3.372 notificações no Estado.

Assim, o secretário da Saúde, Beto Preto, aponta que segue com o monitoramento do sarampo, reforçando junto aos municípios a importância de ações com o objetivo de interromper a circulação do vírus. “Ressaltamos que a campanha de vacinação segue até o dia 31 de agosto e nesta etapa visa, principalmente, a imunização de jovens de faixa etária entre 20 a 49 anos”.

Mesmo com a pandemia da covid-19, a recomendação é para que as pessoas busquem pela vacina, consultando os locais de aplicação das doses nas secretarias de saúde dos municípios de residência. A vacina contra o sarampo está disponível na rede pública, é segura e eficaz.

GUARAPUAVA

O município já confirmou três casos de sarampo em 2020. Além disso, dois pacientes permanecem em investigação e 16 casos foram descartados. O primeiro caso da doença foi confirmado no dia 1 de maio. E, até o dia 28 de maio não tinham novos registros de casos positivos.

Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde informa que na próxima segunda (27), os moradores locais podem se vacinar, já que as equipes estarão no estacionamento do Shopping Cidade dos Lagos, próximo ao Dalpozzo, fazendo a imunização entre às 9h e às 16h. De acordo com a chefe do Departamento de Epidemiologia, Chayane Andrade, é importante que as pessoas se conscientizem e tomem a vacina.

VACINAÇÃO

Nesta segunda (27), tem vacinação volante contra gripe e Sarampo na Cidade dos Lagos (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

A Secretaria de Saúde do Estado reitera que a campanha de vacinação contra o sarampo teve o prazo estendido e segue até o dia 30 de agosto, dirigida para adultos na faixa etária de 20 a 49 anos. É necessário salientar que a primeira dose da vacina deve ser recebida pelos bebês aos 12 meses e a segunda aos 15 meses.

Adolescentes e adultos até 29 anos precisam de duas doses para estarem protegidos, considerando o histórico vacinal. Adultos de 30 a 59 anos precisam de uma dose da vacina. Entretanto, se a pessoa não sabe se já tomou, também deve receber uma dose da vacina.

PERFIL DOS PACIENTES

Ainda no boletim divulgado pela Sesa, foram analisados os perfis dos pacientes com maior incidência da doença. Conforme as análises, pessoas entre 20 e 29 anos representam a maioria das pessoas que testaram positivo para a doença. A incidência nesta faixa etária é de 52,4%.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, coriza, conjuntivite, exantema (manchas avermelhadas na pele), outros sintomas como cefaleia, indisposição e diarreia também podem ocorrer.

Os doentes ficam em isolamento domiciliar ou hospitalar por um período de sete dias a partir do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DROGA

PRF apreende 331kg de maconha em carro com placas de Guarapuava

ABSURDO

Vereador é preso por venda de cirurgias bariátricas pelo SUS

PREVENÇÃO

Sesa divulga regras de prevenção à covid-19 durante o 'Finados'

Comentários