PM apreende armas, droga e munições em Guarapuava e Candói

Em Guarapuava, um jovem de 19 anos usava tornozeleira eletrônica e foi preso após assumir ser dono de uma pistola de uso restrito e de uma porção de cocaína

PM apreende armas, droga e munições em Guarapuava e Candói (Foto: Ascom/Polícia Militar)

A Polícia Militar fez duas apreensões de armas nessa segunda (15) em Guarapuava e em Candói. Em Guarapuava, a posse irregular de arma de fogo restrita com tráfico de drogas ocorreu na rua Umany, no bairro São Cristóvão.

De acordo com relato policial, a equipe do Choque recebeu informações de policiais de Irati que um jovem de 19 anos havia postado nas redes sociais estar de posse de uma pistola calibre 9 milímetros. No endereço, o jovem foi encontrado e abordado em frente da casa.

Em seguida, os policiais avistaram uma mulher correr para dentro da casa. No interior da residência, a PM encontrou 12,5 gramas de cocaína em cima do rack da sala. A arma também foi encontrada na casa. O jovem assumiu ser o dono da arma e da droga e disse ainda que tinha pagado R$ 7.500 pela pistola, com carregador e 54 munições do mesmo calibre.

Por fim, conforme a PM, ele foi preso e encaminhado com a arma, droga e munições para a 14ª SDP para os procedimentos legais. A Polícia Militar informou ainda, que durante as buscas não foram encontrados indícios de que o autor poderia ser usuário, já que o rapaz já tem passagem por tráfico inclusive usava tornozeleira eletrônica.

(Foto: Ascom/Polícia Militar)

CANDÓI

E ainda nessa segunda (15) em Candói, uma mulher de 43 anos informou os policiais que estava recebendo ameaças do marido de 48 anos desde domingo (14). Conforme a vítima, o marido disse que ia agredir a esposa e também arremessou diversos calçados contra a mulher.

Ainda de acordo com a vítima, o agressor pegou o celular da esposa sem consentimento, e foi até o trabalho dela. Em contato com as partes, o homem concordou em entregar voluntariamente o celular. Além disso, a mulher informou que inicialmente não tinha interesse em representação.

Entretanto, poucos minutos depois, a mulher fez novo contato com a PM, relatando que o marido estava em casa, e que em tom de ameaça, pediu a chave do veículo Ford Fiesta. A mulher afirmou ainda que o marido tinha duas armas, sendo uma espingarda e um revólver, e que sentia-se ameaçada por isso.

Durante abordagem não foram encontradas armas com o agressor. Mas ele disse que tinha em casa uma pistola calibre 380. Assim, ele entregou a pistola PT 838 calibre 380, com 16 munições da marca CBC intactas.

A arma estava dentro de um guarda-roupa na caixa do fabricante. Diante dos fatos e do interesse de representação da esposa, as partes foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

REPERCUSSÃO

Pesquisa do Instituto do Instituto de Câncer pauta jornal da USP

DEU RUIM

Usuário foi comprar droga e também acabou preso com o traficante

OPERAÇÃO PETRUS II

Vereador de Guarapuava é investigado por venda de Cytotec

Comentários